Bicicleta a gente aprende e nunca esquece (ou não)

 

Lembro como se fosse ontem do dia em que aprendi a andar de bicicleta.

A gente tinha se mudado para um prédio novo quando eu estava com seis anos e três meses. A garagem na época era bem vazia (hoje um carro fica amontoado em cima do outro, praticamente) e era quase que um playground pra criançada e moçada do prédio. Era lá (e na Praça da Liberdade) que eu andava com minha bicicleta de rodinhas.

Quando faltava uma semana, ou algo do tipo, pra eu completar sete anos, me enfezei: eu não faria sete anos sem aprender a andar de bicicleta sem rodinhas!

Fiquei lá o dia inteeeeeiro, ou um tempo realmente longo, de acordo com a minha lembrança. Era um sábado. Meu pai ficou um tempo comigo, minha mãe ficou outro tanto. Consegui me equilibrar só com uma das rodinhas, mas ainda não estava pegando o jeito da coisa. Até que uma vizinha, a Hélia, foi lá ficar um tempo comigo e, se não me engano, foi com ela que me soltei e comecei a voar.

Que beleza! A gente aprende a andar de bicicleta e nunca mais esquece!

[Ou melhor, até esquece um pouco, com a falta de prática, mas é algo que se reaprende em alguns minutos.]

A última memória que tenho de passar um dia inteiro andando de bicicleta foi num carnaval, quando eu tinha uns 15 anos, em que fui para a fazenda de um tio, achei uma bike lá, e saí andando pelas estradas de terra, uma delícia!

Depois disso, acho que fui uma vez com um ex-namorado para um parque em que se aluga bicicletas em Beagá, na Pampulha, mas foi coisa rápida.

Acho que andei umas duas vezes em Mucuri, sul da Bahia, nas férias da vida.

Hummm, e só.

Até que ontem eu voltei a andar de bicicleta, para uma pauta.

E o resultado da aventura, eu garanto, é muito engraçado. Vejam aqui, ou aqui e aqui 😀

Anúncios

10 comentários sobre “Bicicleta a gente aprende e nunca esquece (ou não)

  1. Nossa, andar de bicicleta é uma das melhores coisas da vida!
    Faz tantos anos que eu não ando, e se eu tentar uma bicicleta muito grande eu não consigo me equilibrar hahahaha, não sei se existem bikes ideais para o meu tamanho…
    Morro de vontade de em um belo domingo de manhã ir alugar uma no Ibirapuera e dar umas voltas, já que a minha foi doada há muitos anos!
    Essa sua pauta do parque aí foi sensacional, ri muito hoje de manhã…
    Parabéns!
    P.S – Que leitores chatinhos no Cotidiano hein?!

    Curtir

  2. Este “ou não” é uma das coisas que mais tenho certeza na vida =D. Vc conhece Casa Branca, Cris? Lendo seu post eu lembrei que meu sonho sempre foi andar de bicicleta por lá, como várias pessoas fazem, mas nem no asfalto eu consigo direito rs =/

    Curtir

    • Não conheço. Mas dei um google aqui e, se for a mesma que vc tá falando, é pertinho de Beagá, né? Um lugar assim, no meio do mato, é que é gostoso de andar de bike! Meu medo é andar na cidade, nos meio dos ônibus e carros loucos… Mas tenho ótimas lembranças daquele carnaval na roça =)

      Curtir

  3. Conheça, Cris =). É um dos lugares mais lindos que eu já vi na vida (que o google não tenha me decepcionado rs). Eu gostava mais de lá na época em que não havia chegado luz elétrica, a estrada era de terra e as pousadas não cobravam preços absurdos, mas tudo lá ainda vale muito a pena =)

    Curtir

  4. Acho que se eu resolver andar de ‘magrela’ hoje em dia vou passar por uns bocados também. Acho que a gente não esquece, mas que os reflexos diminuem com a falta de prática, isso é certeza.
    Moro em um bairro tranquilo para andar de bike, mas ainda não tomei coragem para ‘voltar a ativa’.
    Parabéns pela reportagem e venho percebendo que tem muita gente chata cobrando demais os jornalistas por mais ‘seriedade’.
    Esse pessoal deveria ler apenas o Editorial e os anúncios fúnebres. Sérios demais para o meu gosto.

    abraços!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s