‘Só trafico drogas’, diz senador Zezé Perrella em conversa com Aécio Neves

Momento da prisão dos envolvidos no transporte de 445 kg de cocaína, em 2013. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

 

Texto escrito por José de Souza Castro:

“Não faço nada de errado, só trafico drogas”, diz o senador Zezé Perrella ao ouvir uma dura do senador Aécio Neves, num áudio divulgado dia 30 de maio pelo jornal “Hoje em Dia”. Aécio ligou às vésperas da Semana Santa, para reclamar de uma entrevista dada pelo seu vice no governo de Minas à Rádio Itatiaia. Foi antes da divulgação da “colaboração premiada” de Joesley Batista, mas Aécio já era denunciado na Lava Jato.

A assessoria de Perrella tenta explicar ao jornal:

“Basta ouvir o áudio na íntegra e contextualizar a expressão mencionada.

Durante o diálogo, o senador Zezé Perrella cita o episódio do helicóptero referindo-se ao fato de que, mesmo após ter sido comprovada sua inocência, lamentavelmente, a imprensa ainda insiste em associar o seu nome ao caso.

Seu incômodo está explícito no áudio, antes mesmo do momento em questão. Fica óbvia, inclusive pela reação do interlocutor, a ironia expressa pelo Senador Zezé Perrella em relação à forma criminosa e caluniosa que abordam o assunto”.

Não foi uma confissão de culpa, talvez – você decide, após ouvir o vídeo. E Aécio, na conversa, tenta se desvencilhar da companhia de políticos que pediram dinheiro a empresas para se enriquecer. Disse que pediu apenas para a campanha política, sua e de outros correligionários do PSDB, como Perrella.

A divulgação dessa conversa entre dois senadores mineiros é ilustrativa, mas não é o fato mais grave do dia. Vamos a outros: Continuar lendo

Anúncios

Como se exercitar depois da maternidade? Sobre Qi Gong, corrida e planejamento

Fazer exercícios é igual a escovar os dentes. Tem que estar entranhado em nossa rotina, pelo bem da saúde. “Ah, mas não tenho tempo, ah, mas estou cansada demais, ah, mas trabalho muito e ainda tenho que cuidar do meu filho pequeno, aiaiaiai.” Como você vai conseguir esse tempo é um problema seu, não me interessa. Mas que você tem que conseguir, tem. Assim como sempre consegue tempo para tomar banho, por exemplo.

***

Foram mais ou menos essas palavras do parágrafo acima que ouvi do doutor Drauzio Varella na palestra que ele deu no 3º Seminário Internacional de Mães, que ajudei a cobrir pela “Canguru”. Isso foi no dia 6 de maio e, até hoje, fica retumbando na minha cabeça.

Nunca fui sedentária na vida, pelo contrário, fui até atleta de equipe de natação na adolescência. Sempre fiz corrida ou caminhada para equilibrar as várias horas sentada numa cadeira diante do computador. Mas, depois que o Luiz nasceu, tem sido muuuuuuito difícil encontrar tempo e, principalmente, disposição para fazer alguma atividade física. Tempo eu até tenho, depois das 21h, quando ele já está dormindo. Mas é nesse tempo que eu arrumo a bagunça da casa, lavo as vasilhas, ponho roupa na máquina, tento manter este blog atualizado, vejo minha série favorita (só na terça) ou, simplesmente, apago. Sim, porque às vezes vou colocar meu bebê para dormir e acabo dormindo junto com ele. Como, com tanta exaustão, posso encontrar forças para calçar um tênis e ligar a esteira para caminhar ou correr?

Mas a frase do dr. Drauzio ficou tocando no meu cérebro igual a um alarme: você não encontra tempo para tomar banho todo dia? Tire pelo menos 30 minutos! etc.

Porque uma coisa é certa: pela primeira vez na vida, estou chegando ao terceiro andar de uma escada totalmente sem ar. Isso sem falar no tanto que tenho adoecido.

Por isso, na semana passada, resolvi estabelecer metas. Coloquei num papelzinho os dias da semana e o que pretendo fazer no meu tempinho normalmente livre (21h às 23h) em cada um deles. Intercalei a corrida com o Qi Gong, prática oriental que me fez muito bem durante a gravidez. Meia horinha é suficiente, disse o doutor Drauzio. Pois meia horinha de Qi Gong proporciona efeitos incríveis para a saúde!

Você nunca ouviu falar do Qi Gong? Em março de 2015, escrevi um post contando como descobri esses exercícios e detalhando como funcionam, ainda com uma dica de livro que tem me servido de guia. CLIQUE AQUI para ler, se tiver interesse 😉

Alguns exercícios de Qi Gong

Se não tiver vontade de fazer Qi Gong, se não tiver esteira em casa (que quebra bem o galho), se não tiver tempo ou condição de sair à rua para correr ou nadar, não importa: o importante é que você precisa encontrar um exercício diário para garantir sua saúde, seja ele qual for! Use a criatividade, pesquise, experimente, planeje, crie metas (mas seja flexível, porque já bastam as outras cobranças da vida), reserve um tempinho do seu dia para você, só para você! Seu filho será o primeiro a te agradecer por isso no futuro.

Leia também:

faceblogttblog

Contribuição de leitor: ‘Eu vi’, por Nuno Kembali

Livro de contos de Nuno Kembali

Nuno Kembali / Reprodução

Fazia tempos que o blog não recebia uma contribuição de leitor, mas, para compensar, esta que chegou está realmente incrível. O conto abaixo foi enviado por Nuno Kembali, 55, escritor brasileiro nascido no Recife. Ele é autor das novelas “O Matagal ou o vão combate é mais embaixo” e “Rota 12: sobre jaguaretês e outros bichos no diadema do tempo”, com playlists disponíveis no Spotify. Quem quiser saber mais sobre o Nuno pode encontrá-lo no Facebook e no Wattpad.

 

Agora vamos ao excelente conto de Nuno Kembali! Boa leitura: Continuar lendo

Detector de mentiras desconstrói pronunciamento de Temer

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Texto escrito por José de Souza Castro:

Michel Temer gastou no sábado 12 minutos para tentar se defender da denúncia da Procuradoria Geral da República que se baseou na delação de Joesley Batista, dono JBS e da marca Friboi. No domingo, um laudo técnico da Truster Brasil (Tecnologia em análise de voz) afirmou que o Presidente da República “parece ter conhecimento de que não existe manipulação no áudio divulgado” e que “sabe que não continuará à frente do governo”.

O laudo assinado por Mauro J. Nadvorny – “Perito em Veracidade” – pode ser lido aqui. A Truster Brasil, com sede em Porto Alegre, é representante oficial da Nemesysco. Esta, conforme a Wikipedia, é uma empresa israelense que vende programas de análise de voz, comercializados para prevenção de fraude, entre outros propósitos, e que têm sido usados por companhias de seguro, call centers, bancos e aeroportos.

A Nemesysco precisa ainda provar que sua tecnologia não se sustenta numa pseudociência.

Temer tem muito a agradecer por essa ressalva. Pois, a ser verdade o que diz o laudo, o presidente da República não estava sendo verdadeiro, no seu pronunciamento de sábado, “quando afirma que o áudio estaria sendo impugnado por conta das mais de cinquenta edições realizadas e não tem certeza de que o áudio tenta macular sua reputação e invalidar o país”. Ainda, que não está sendo verdadeiro quando afirma: Continuar lendo

A linguagem imprópria de Aécio na conversa com o dono da Friboi

Michel Temer e Aécio Neves. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/31.8.2016

Texto escrito por José de Souza Castro:

Foram divulgados na tarde desta sexta-feira (19) documentos relativos à delação de Joesley Batista, presidente do Grupo J & F (Friboi), homologada pelo Supremo Tribunal Federal, e que podem ser lidos AQUI. Fiz um resumo, concentrando-me nas denúncias contra o ex-governador de Minas, Aécio Neves, sobre quem tenho escrito com alguma frequência.

Primeiro, devo dizer que não reconheço nas palavras dele, mais parecidas com políticos dos romances de Nelson Rodrigues, algo semelhante ao que eu ouvia do avô, Tancredo Neves, nas muitas vezes em que o entrevistei para o “Jornal do Brasil”.

Na gravação da conversa de Joesley com Aécio, no Hotel Unique, em São Paulo, dia 24 de março, o senador fala sobre a Operação Carne Fraca, que atingia, entre outros, o Friboi. “Confusão filha da puta”, comenta o então presidente do PSDB. “Eu estava falando com o Trabuco hoje de manhã, fomos apertar o Michel agora, a Polícia Federal tinha que fazer uma mea culpa pública e pedir desculpa”.

Sua linguagem senatorial, porém, fica melhor quando Joesley e Aécio falam sobre a necessidade de impedir que as investigações da Lava Jato avancem.

Conforme a Procuradoria Geral da República (PGR), no pedido de abertura de inquérito contra Aécio Neves, Michel Temer e o deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR), o senador mineiro teria tentado organizar uma forma de impedir tal avanço, “por meio de escolha dos delegados que conduziriam os inquéritos, redirecionando as distribuições, mas isso não teria sido finalizado entre ele, Michel Temer e o ex-Ministro da Justiça e atual Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre Moraes”.

Aécio comenta com Joesley: Continuar lendo