Museu das Minas e do Metal: um passeio revelador

Como contei no post da quinta-feira passada, andei turistando por Beagá, em companhia de amigas vindas do Rio. Além de levá-las para o passeio obrigatório no Mercado Central, com direito a almoço delicioso no Casa Cheia, também fomos à feira hippie, ao Parque Municipal, ao CCBB e, por fim, paramos no Museu das Minas e do Metal, também na Praça da Liberdade, que eu ainda não conhecia.

Como é bom turistar na própria cidade! Você também quer fazer isso? Baixe agora, gratuitamente, o Guia Turístico com 90 dicas de passeio em BH e região 😉

Como eu ia dizendo, acabei conhecendo junto com as turistas um dos museus do circuito cultural da Praça da Liberdade, que eu ainda nunca tinha visitado.

De cara, fiquei impressionada: um museu que trata de um assunto tão pouco popular — pedras e metais — estava BEM CHEIO no último domingo. Movimentadíssimo mesmo!

Fiquei feliz por constatar que é mesmo um espaço muito bacana e que bom que esteja sendo bem aproveitado pela população. Afinal, é gratuito!

O que vi lá? Dezenas de pedras preciosas lindas, com várias explicações a seu respeito, além de obras interativas, como o scanner que aponta quantos gramas de metal existem hoje no meu corpo (mais de 1 kg!).

Fiz bem poucas fotos do passeio, só para ilustrar: Continuar lendo

Anúncios

Imperdível! Últimos dias de Los Carpinteros em Beagá

De cara, já confesso minha ignorância: nunca tinha ouvido falar do coletivo cubano Los Carpinteros.

Nem mesmo tinha lido na imprensa sobre a exposição que está no CCBB desde o início de fevereiro.

Foi por acaso, ao decidir mostrar o lado turístico de Beagá para a amiga carioca que estava hospedada em casa, que fui parar nesta exposição interessantíssima que mistura carpintaria, arquitetura e design.

Lá, vi violões simulando as fases da lua, vi outros instrumentos musicais derretendo, vi referências políticas, frases bem-humoradas, duas camas de solteiro entrelaçadas como se fossem um viaduto, e mais uma porção de objetos reinventados de maneira, acima de tudo, irreverente. Mas também imaginativa e instigante. Em tempos de tanto mau humor, achei essa exposição cheia de um frescor muito bem-vindo.

Aí estão algumas poucas fotos que fizemos durante o percurso de uma hora: Continuar lendo

Com que roupa eu vou? Escolha a melhor fantasia para o Carnaval 2017

Desde que o Carnaval de BH começou a bombar, aproveitei todas as folgas dos plantões para curtir um pouquinho a festa. E uma das minhas maiores diversões sempre foi observar as fantasias ultracriativas que os foliões inventam e fotografar as mais legais (hábito que adquiri ainda nos tempos de cobertura da Parada Gay de São Paulo).

Foi assim que montei a galeria de fotos “As Melhores Fantasias do Carnaval de BH“. Tem algumas bem diferentes, como: Continuar lendo