Os 20 filmes mais importantes do Oscar 2018: resenhas e trailers

 

Começou uma das épocas do ano de que mais gosto! Não, não é a quaresma: é a época de fazer maratonas de filmes do Oscar, a tempo da cerimônia, que neste ano será no dia 4 de março 😉

Neste ano comecei tarde, então tenho exatamente 17 dias para assistir aos 20 filmes da minha meta, listados abaixo. Ou pelo menos os 11 principais deles. Minha meta leva em conta os prêmios que acho mais legais: melhor filme, direção, atores/atrizes principais e coadjuvantes e melhores roteiros.

Tenho que ver isso tudo paralelamente a muito trabalho, fechamento de revista, filho de 2 anos pra criar, casa pra cuidar etc. Mas todo ano é assim, e esta correria é parte da graça! Será que vou dar conta neste ano mais uma vez? Vocês acompanharão tudinho neste post, porque vou acrescentando as resenhas em forma de link na lista abaixo, à medida que for assistindo aos filmes. Por enquanto, neste 16 de fevereiro, só vi dois da lista: “A Forma da Água” e “Extraordinário”.

PRINCIPAIS FILMES DO OSCAR 2018:

  1. A Forma da Água (13 indicações), nota 9
  2. Dunkirk (8), nota 8
  3. Três anúncios para um crime (7), nota 9
  4. O destino de uma nação (6), nota 7
  5. Trama Fantasma (6), nota 7
  6. Lady Bird (5), nota 7
  7. Corra! (4), nota 8
  8. Mudbound (4), nota 7
  9. Me chame pelo seu nome (3), nota 5
  10. Eu, Tonya (3), nota 9
  11. The Post (2), nota 9

VEREI TAMBÉM SE SOBRAR TEMPO:

  1. Viva! A vida é uma festa (2)
  2. Artista do desastre (1)
  3. Doentes de Amor (1), nota 8
  4. Projeto Flórida (1), nota 4
  5. Todo o Dinheiro do Mundo (1)
  6. Roman J. Israel, Esq. (1)
  7. A Grande Jogada (1), nota 9
  8. Logan (1)
  9. Extraordinário (1), nota 9

Começa a contagem regressiva! Tic-tac, tic-tac…

Leia também:

faceblogttblog

Anúncios

É cedo demais para levar meu filho ao cinema? 7 dicas para a 1ª vez

Luiz sentado na poltrona para ver ‘O Rei Leão’ no teatro. Desta vez, a experiência da “1ª vez” foi trágica. Mas isso é tema para outro post…

 

“A primeira vez a gente nunca esquece…”. A menos que a gente tenha 2 anos ou menos quando esta primeira vez aconteceu, né?

Mas uma das coisas mais legais de ser mãe é viver várias novas “primeiras vezes” na vida, juntinho com nossos pequenos. Quem está aprendendo coisa nova, com os olhinhos brilhando, sentindo ansiedade, assombro ou alegria, num mix de emoções mágicas, são eles. Mas a gente sente quase como se fosse conosco – inclusive porque não sabemos, tampouco, qual reação eles terão.

Foi assim quando decidi levar o Luiz pela primeira vez ao cinema. “Será que é cedo demais?” Claro que me perguntei. Ele estava com 2 anos recém-completados. Mas decidi arriscar.

Passeamos no shopping, brincamos com o brinquedão da vez, fotografamos ao lado do Papai Noel. Eis que pergunto ao meu filho: “Quer ir ao cinema?” E vou comentando o que vai ter lá: uma televisão beeeeem grande, sala escurinha, várias outras crianças, um desenho animado legal, pipoca…

Fui ao primeiro filme que estava passando no horário (Estrela de Belém), apesar de não ter me atraído muito. Enquanto durou o trailer, Luiz se comportou maravilhosamente bem. Ficou encantado com as animações curtinhas que eram vendidas ali na telona, comeu muita pipoca, me abraçou, me agradeceu. Estava entusiasmado.

Quando o filme começou, ele logo ficou inquieto. Começou a falar bem alto, quase gritando, não quis mais ficar sentado, saiu percorrendo o corredor em que estávamos sentados. Para não atrapalhar os demais espectadores, fomos embora.

Mesmo assim, acho que valeu a experiência, sabe? Ele gostou de conhecer o que chama de “cieme”, contou para o pai, lembrou até muitos dias depois. O importante é não gerar expectativas demais, nem em você, nem no filhote. Como cinéfila que sou, torço para que ele goste bastante do cinema, assim como eu, e se torne meu compenheirão nas sessões. Mas não quero forçar a barra nem apressar demais o tempo. Cada coisa em seu momento…

Dito tudo isso, queria compartilhar o que eu aprendi nesta primeira vez: Continuar lendo

Filmes em 2017, melhores e piores

Tradição super tradicional do blog, listo hoje os 40 filmes a que assisti neste ano, separando os melhores, os mais ou menos e os terríveis.

A grande maioria merece ser vista, considerando cada gênero. Entre parêntesis, em boa parte dos casos, você pode acessar o link para a resenha completa de cada filme, com notas mais específicas e o trailer:

Vale a pena ver:

  1. Moonlight (mais AQUI)
  2. La La Land (mais AQUI)
  3. Estrelas Além do Tempo (mais AQUI)
  4. Manchester à Beira-Mar (mais AQUI)
  5. Philomena (mais AQUI)
  6. Lion (mais AQUI)
  7. Capitão Fantástico (mais AQUI)
  8. A Chegada (mais AQUI)
  9. Sully: O Herói do Rio Hudson (mais AQUI)
  10. Animais Fantásticos e Onde Habitam (mais AQUI)
  11. Até o Último Homem (mais AQUI)
  12. O Doador de Memórias (mais AQUI), visto pela segunda vez
  13. 500 dias com Ela (mais AQUI), visto pela segunda vez
  14. Os Meyerowitz (mais AQUI)
  15. Cara Gente Branca (mais AQUI)
  16. Assassinato no Expresso do Oriente
  17. O Físico
  18. O Homem que Viu o Infinito
  19. Homem Irracional
  20. Experimentos
  21. Apostando Tudo
  22. Para Sempre Cinderela, visto pela segunda vez
  23. O Primeiro Amor
  24. Procurando Nemo, visto pela segunda ou terceira vez
  25. Madagascar 2, visto pela segunda ou terceira vez
  26. One Night
  27. Uma beleza Fantástica
  28. Bode expiatório

Veja se estiver com tempo sobrando:

  1. Mãe! (mais AQUI)
  2. Passageiros (mais AQUI)
  3. A Qualquer Custo (mais AQUI)
  4. Florence (mais AQUI)
  5. Amigos Inseparáveis
  6. O Garoto o Alabama
  7. Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar
  8. Como você sabe
  9. O Grande Urso

Não veja!

  1. Jackie (mais AQUI)
  2. Um Limite entre Nós (mais AQUI)
  3. Nu

Concorda com a listinha? Recomenda mais algum? Fique à vontade para compartilhar sua própria lista aí nos comentários 😀

Leia também:

faceblogttblog