Presente de amigo: light music

Acabo de chegar em casa e ver que, além das contas a pagar, que são a única correspondência que recebo ultimamente (é muito triste que as pessoas tenham parado de trocar cartas, né?), havia um pequeno pacote, no formato de um CD.

No pacote não havia um remetente especificado e fiquei intrigada, pensando se não era engano. Afinal, que eu me lembrasse, eu não tinha feito nenhuma compra de CD nos últimos tempos.

Quando abro, vejo um CD com capa colorida do Jethro Tull. Eu definitivamente não tinha comprado aquele CD e já estava certa de que tinha vindo por engano.

Daí vejo o bilhete de um grande amigo de Beagá dizendo que era um presentinho de natal atrasado e que ele se lembrava de uma conversa nossa de quase quatro anos atrás em que eu dizia que não tinha aquele CD na minha coletânea.

“Tem uma pegada mais blues, country, acústica e instrumental”, descreveu meu amigo sobre esse álbum “A Little Light Music“.

O set list inclui duas músicas excepcionais da banda, duas das minhas favoritas: Too Old to Rock’n’Roll e Someday the Sun Won’t Shine For You.

Esta última é um bluesão, de uma época em que o Jethro Tull ainda se propunha uma banda de blues e a gaita tinha muito mais espaço que a flautinha. Foi com ela que Ian Anderson abriu o showzaço que fez em Beagá em 2007, no Chevrolet Hall. E é ela que abre este CD sensacional, que estou ouvindo agora.

Fica como dica para vocês comprarem ou baixarem:

Reparem em como a letra é inocente e bobinha e simples, como cabem ser muitas músicas de blues 😉

Ian em sua pose favorita. (Foto: CMC)

Por fim: valeu, querido Bill! Fez meu sábado mais feliz! Que venham mais pacotinhos-surpresa e bilhetes amigos em nossas vidas! 🙂

Anúncios