Dono do Inhotim condenado a nove anos de prisão

Texto escrito por José de Souza Castro:

Inhotim em foto de Cristina Moreno de Castro

A profecia ouvida de meu chefe, quando comecei a carreira no “Jornal do Brasil”, em 1972, vai sendo realizada aos poucos: quem começa a frequentar muito as páginas sociais acaba saindo na página policial. Seria o caso, agora, de Bernardo de Mello Paz, o badalado dono do Inhotim, condenado a nove anos e três meses de prisão por lavagem de dinheiro. Sob o estado atual da imprensa, não sei se ele frequentará a página policial ou mesmo, dadas as inúmeras possibilidades de recursos na Justiça, se gozará alguns dias de paz numa cela de prisão antes de morrer.

Diga-se que não foi só este blog, pela prosa animada da Kika (pode-se ver aqui, aqui e aqui e ainda por suas belas fotografias), não foi só este blog, ia dizendo, que contribuiu para que Inhotim tenha se transformado numa das maiores atrações turísticas de Minas – na qual, por culpa minha, nunca fui.

Também o “New York Times” gastou muito espaço para descrever as maravilhas do Inhotim e de seu idealizador. O iG traduziu e puxou o assunto, no título, pela fortuna de Bernardo Paz: “O empresário brasileiro que gasta US$ 70 milhões ao ano para ter um jardim de arte”.

Não é também a primeira vez que a imprensa se ocupa de Bernardo Paz e de suas estripulias, digamos assim, pouco artísticas. A Folha de S.Paulo, por exemplo, no dia 17 de setembro de 2009, publicou reportagem que pode ser lida aqui, denunciando que o governo de Minas, na época sob a regência de Aécio Neves, deu benefício de R$ 20 milhões a suspeito de sonegação. O suspeito: Bernardo Paz. O fato vem descrito abaixo do intertítulo “Negócio da China”: Continuar lendo

Anúncios

Meu segundo olhar de Inhotim

Inhotim não tem fim.

Na minha primeira visita ao parque-museu, que rendeu ESTE e ESTE posts, conheci nove obras do parque, apenas no período da tarde. Dos fusquinhas coloridos à excelente Cosmococa, dos jardins suspensos ao “Tetris” de Marepe, também passando pelos quadrados de Oiticica em frente ao ótimo restaurante e pelo mural em relevo “Abre a Porta“. 

Ontem, retornando ao parque com mais tempo, conseguimos conhecer outras 20 obras, algumas das quais fotografei e coloco abaixo. (Só uma é infotografável, porque sua graça está no áudio. E só ao vivo pra saber. Não deixem de conhecer, de jeito nenhum, a obra The Murder os Crows, de Janet Cardiff e George Bures Miller. São 98 alto-falantes em cadeiras, reproduzindo uma orquestra inteira, sons de pássaros, passos e outros. Para “ver” de olhos fechados…).

A planta que anda.

A planta que anda. (Clique sobre as fotos para vê-las maiores. Todas as fotos: CMC)

IMG_1875

IMG_1895

Alguém por acaso sabe que fruta é esta? Está em todo canto lá no parque.

IMG_1935

A parede de carne de Adriana Varejão.

IMG_1938

Os pontos de ônibus de Dominique Gonzalez-Foerster.

IMG_1928

A casinha de 1874 onde está o teto movediço de Rivane Neuenschwander.

IMG_1944

A linda obra de Valeska Soares está naquele quiosque espelhado.

Por dentro da obra de Valeska.

Por dentro da obra de Valeska.

IMG_1962
O caleidoscópio de Olafur Eliasson visto de fora.

IMG_1975

… e de dentro.

IMG_1979

Uma das obras de Tunga.

Outra obra de Tunga.

Outra obra de Tunga.

IMG_1897

IMG_1911 IMG_1936 IMG_1943 IMG_1952 IMG_1961 IMG_1982 IMG_1985

IMG_1877 IMG_1881 IMG_1882 IMG_1890

Mas pensam que o parque acabou? Ainda faltam outras 15 obras, no lado esquerdo e no topo DESTE mapinha, para eu conhecer. Ainda haverá um quarto post neste blog…

Os passarinhos povoam este blog

Foto de Paulo Pinto.

Foto sensacional de Paulo Pinto.

Quem é leitor deste blog há muito tempo já se deparou com diversos passarinhos por aqui e deve ter percebido como sou doida com eles. Aprendi a apreciá-los com meu pai, que é capaz de passar horas sentado diante das árvores, no sítio, escutando os belos cantos e tentando encontrar de onde partem. Até tentei aprender mais sobre as espécies e tentar identificá-las pelas penas e pelo canto, mas o jeito como funciona minha memória não permitiu essas extravagâncias. Então eu ouço os anônimos e, sempre que posso, os fotografo, e acabam vindo povoar algum post por aqui.

Como hoje é domingo, dia de posts mais leves, dia de descansar, dia de acordar com os passarinhos na janela em vez de com aquela música irritante do despertador, resolvi fazer uma coletânea de posts para vocês escutarem e apreciarem todos de uma vez só.

***

O voo da garça:

***

Os sons dos passarinhos na roça:

***

Vários passarinhos flagrados em Inhotim (clique AQUI para ver todos):

IMG_1736***

Passarinhos flagrados na janela da casa dos pais (e uma frase sábia de Rubem Braga):

(Foto: CMC)

(Foto: CMC)

A janela tá fechada, passarim.

A janela tá fechada, passarim.

***

Um documentário sobre os pássaros mais incríveis do mundo:

Reprodução/Youtube

***

Um poema sobre os pássaros.

***

Uma composição a partir de uma linda fotografia (no alto deste post):

***

Um pequeno prazer.

***

Passarinho como apelido e analogia.

***

Passarinho como moral de fábula do Millôr.

***

Passarinho bandido.

***

E, pra fechar, uma foto inédita de outro passarinho flagrado por mim aqui em Beagá. Este eu sei que é um sabiá:

sabia

Foto: CMC

Ainda Inhotim, um outro olhar

Foto de Beto Trajano, que adora explorar o efeito "lens flare" nas fotografias, como essas coloridíssimas que apareceram junto ao fusca.

Foto de Beto Trajano, que adora explorar o efeito “lens flare” nas fotografias, como essas coloridíssimas que apareceram junto aos fuscas.

Complementando o post de ontem, trago hoje esta foto acima e o vídeo abaixo (de apenas 38 segundos), com imagens capturadas e editadas pelo jornalista Beto Trajano, que estava no passeio também:

Meu olhar de Inhotim

Demorei seis anos para ir conhecer Inhotim, depois que o parque-museu passou a ser aberto ao público. Mas finalmente fui no último fim de semana. E aí estão minhas impressões do lugar (mais de sua natureza que de sua arte):

(Todas as fotos: CMC)

(Todas as fotos: CMC)

IMG_1671IMG_1674IMG_1677IMG_1678IMG_1679IMG_1689IMG_1691IMG_1700

IMG_1702

IMG_1692

IMG_1696

IMG_1695b

IMG_1699

IMG_1703

IMG_1706

IMG_1709

IMG_1710

IMG_1712

IMG_1734

IMG_1736

IMG_1768

IMG_1776

IMG_1788

IMG_1793

IMG_1803 IMG_1804

IMG_1820

Essa mancha rosa na flor é uma borboleta rapidíssima!

Essa mancha rosa na flor é uma borboleta rapidíssima!

IMG_1834

No caminho de volta.

No caminho de volta.

IMG_1847