A flor da fortuna

A flor da fortuna está improdutiva

Empoeirada, no jarro, encolhida

Representando, miúda, minha vida:

Quebrada, salgada, esquecida.

A flor da fortuna é amarela

É emborrachada, é singela

Brotando longe da janela:

Sem vento, inseto, primavera.

A flor da fortuna é dinheiro

É amor e sorte por inteiro

É sossego e paz em qualquer meio:

Mas não pra mim, que não rego seu leito.

(Por despeito)

7.8.2006

Anúncios