Acertei 6 dos 14

Neste ano meu desempenho foi bem pior! Mas, como se diz, “azar no jogo…” 😀

Os acertos foram:

  1. Melhor filme: O Artista
  2. Melhor atriz: Meryl Streep
  3. Melhor atriz coadjuvante: a mais que merecida Octavia Spencer (foto acima)
  4. Melhor roteiro original: Meia-noite em Paris
  5. Melhor filme estrangeiro: A Separação
  6. Melhores efeitos visuais: A Invenção de Hugo Cabret

Mas foram bons acertos, eu achei, hehe.

Comentários:

  • Colin Firth é um dos sujeitos menos carismáticos do cinema. Por outro lado, viva Billy Crystal!
  • Não entendo mesmo como J.Edgar não concorreu por melhor ator e melhor maquiagem, pelo menos. E como Histórias Cruzadas ficou de fora de melhor roteiro adaptado.
  • Neste ano o páreo mais duro foi o das melhores atrizes. Putz, só fera!
  • Não é porque é brasileira, mas a música de Rio é bem melhor que a dos Muppets. Pena que não tinha a menor chance mesmo.
  • Embora o páreo também fosse duro, ainda acho que o Scorsese merecia levar neste ano. E, embora a Meryl seja mesmo uma das melhores atrizes de todos os tempos, ela já tinha duas estatuetas em casa e acho que este era o ano de Glenn Close, de novo injustiçada.
  • “O Artista” como melhor filme foi o prêmio mais previsível do século. E olha que nem assisti ao filme ainda.
  • Ver o Oscar, como sempre, me deixou doida pra assistir a vários filmes (fiz uma lista de sete urgentes). Claro que esse é um dos objetivos da transmissão, né 😉
Anúncios

Bom Carnaval pra todos

Tirei esta foto no carnaval de 2010, o último em que pude folgar e viajar, no Rio, voltando de um bloco de rua, toda suada, depois de me despedir dos amigos para descansar um pouquinho e repôr as energias, e de fazer amizade com uma família desconhecida que também estava em busca do ônibus certo, que estava com essa menininha linda e super simpática que pedi para carregar — e acabamos juntas na foto, apesar da paisagem cheia de latas de lixo não ajudar em nada para a composição.

E neste ano estou de plantão e minha diversão é fazer essas frases longuíssimas sem fim =/

Desejo a vocês um ótimo Carnaval!!!!! Divirtam-se! 😀

Cenas das férias – parte 1

A câmera é vagabundinha e está com umas manchas estranhas na lente, mas a gente tenta:

Clique sobre as imagens para vê-las em tamanho real. (Todas as fotos: CMC)

Meus óculos escuros serviram de filtro 😉

Também com a lente dos óculos escuros servindo de filtro improvisado.

De novo (gostei da brincadeira rs)

 

Esses quebra-mares que aparecem aqui são uma tentativa de salvar a praia do aquecimento global. Frequento Mucuri há 20 anos e testemunhei, ao longo desse tempo, a subida do mar, a destruição de várias casas na orla e o quase-fim do turismo local. Com os quebra-mares, a força das ondas recuou um pouco, e espera-se que elas possam ser seguradas por mais uns anos... Mas uma coisa é certa: os céticos do clima devem passar as férias no interior.

E aí já é o encontro do mar com o rio... Esse milagre que eu amo. Mas o rio vocês só verão amanhã!

O céu está azul

Outono é época do ano de céu eternamente azul, pelo menos em Beagá (mas, de vez em quando, até na Terra Cinza!). O que me faz lembrar do estado de espírito lindo da música Blues Skies, na melhor versão da Ella Fitzgerald. O que me faz lembrar que já vi muito céu bonito por aí, em vários cantos do Brasil. Hoje o post será uma galeria deles, como já fiz com Beagá, São Paulo, Rio, com a natureza, com a Serra do Cipó e com o Reveillon na Paulista.

Bom céu pra vocês também:

Todas as fotos: CMC