“Sentaço” em homenagem a Letícia Sabatella

Na semana passada, fomos invadidos por duas notícias muito malas, que chegaram também pelas redes sociais.

  • A primeira: Grazi Massafera estava com as axilas maldepiladas em um evento de que participou. E nem foi a primeira vez que “noticiaram” isso.
  • A segunda: Letícia Sabatella bebeu demais e “deu vexame” (nas palavras do colunista-pop), tendo que ser carregada para se levantar do chão.

03_sabatella_div

Não vi o que Grazi, linda, deslumbrante e querida por milhares de fãs, disse sobre essa notícia idiota. Toda mulher agora tem que se depilar com cera, e ficar sem nem um micropêlo, pra não incomodar os olhares dos machões? AQUI procês, ó! 😛

esqueceram-de-se-depilas

Já Letícia, também linda, deslumbrante, e com mais de 50 mil fãs só no Facebook, resolveu mostrar uma banana pra esses moralistas de plantão. No dia 5 de novembro, ela escreveu em seu Facebook:

“Que auê por causa de uma noitada de cantoria e pisco sauer com os amigos! Deitar no chão de tanto rir, e beber do céu as estrelas! Quem não precisa rir de si mesmo de vez em quando? Me recuso a sentir vergonha com esta pedra(bosta) moralista com que tentam me atingir. A vocês, queridos acusadores, ofereço Um Brinde!”

A publicação já teve mais de 20 mil curtidas, mais de 1.900 compartilhamentos, e rendeu até um evento no Facebook, Deitaço no asfalto com Letícia Sabatella, que, até a noite de domingo, já tinha 17 mil participantes. Minha veterana de faculdade Sílvia Amélia foi quem criou o grupo e diz TUDO na descrição:

“A atriz Letícia Sabatella saiu com amigos e bebeu, e cantou e se divertiu. E até deitou com eles no chão no meio de uma crise de riso. Ou seja, teve uma experiência feliz daquelas que todo mundo deveria experimentar na vida. Mas algo tão simples assim teve cobertura de parte da imprensa como se fosse um “vexame” e provocou comentários dos moralistas, sempre de plantão. Esse evento organizado por feministas pretende reunir admiradoras e admiradores de Letícia Sabatella que adorariam beber, bater papo, rir e deitar no asfalto com ela!”

Fico feliz que esses colunistas que adoram apontar o dedo para as celebridades (e levaram muitas delas ao inferno, como Amy Winehouse) estejam recebendo essa resposta criativa, imediata e SÓBRIA dos leitores. Não queremos mais ler isto, baby.

Grazi, Letícia e mulheres em geral: depilem como, onde e quando quiserem, bebam o quanto quiserem, continuem rindo de si mesmas! Não devemos satisfações a ninguém, não. E, se o machismo apertar, o bom humor será ainda o melhor remédio 😉

 

Eu chorando de rir depois de levar um tombo, em foto tirada por amigos, em abril de 2010. Arquio pessoal :)

Eu chorando de rir depois de levar um tombo, em foto tirada por amigos, em abril de 2010. Não cheguei a deitar, mas estou sentada no chão, e fica como solidariedade à grande Letícia, que também prefere rir dos momentos divertidos da vida 🙂 Foto: Arquivo pessoal

Leia também:

Anúncios

9 comentários sobre ““Sentaço” em homenagem a Letícia Sabatella

  1. Oi, Kika, adorei seu post e queria fazer um comentário sobre a depilação da Grazi. Eu acho que essa cobrança de estar sempre incrivelmente depilada e sem nenhum pêlo é mais feminina do que masculina. Meu namorado, por exemplo, me conta que sempre achou bonito e sensual axilas como a da Grazi, e segundo ele vários amigos pensam assim! Até hoje só vi este tipo de “crítica” da mulherada ou de caras bem frescos!

    Curtir

  2. Penso que seja mais um reflexo de como a comunicação se perdeu…de como a sociedade virou um espetáculo… uma mercadoria…de fato penso que vivemos preocupados com as aparências…aparências organizadas pela sociedade… então depilar ou não… ou sentar no chão…ou beber até cair… acaba por não se adequar as aparências, e noticiar isso alimenta a vaidade e o ego dos que cotidianamente se preocupam com as aparências…e isso talvez os acalme. Mas o mais sério é se queremos viver fora desse espetáculo? Se conseguiremos?

    Curtir

  3. Não sou nem nunca fui de badalar artista nenhum, reconheço o talento e sorvo a arte que cada um tem a oferecer, mas antes de vender a arte, são seres humanos que que sofrem, choram, riem, e sentem a vida como todo o resto da humanidade, e quem nunca encheu o caneco e curtiu uma deliciosa sandice, não sabe aproveitar a vida de fato !!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s