Ir para conteúdo

Os 2 anos do crime de Brumadinho em 10 reportagens

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando a barragem da Vale estourou, eu estava trabalhando nos jornais “O Tempo” e “Super Notícia”. Compartilhei aqui as primeiras páginas daquela semana conturbada de fim de janeiro de 2019, e o meu sentimento diante de todos aqueles destroços múltiplos.

Escrevi também sobre os choros que não consegui conter:

“Nesta terça, folguei de novo. Consegui me desligar um pouco de Brumadinho, daquelas histórias, mas uma água ficou pingando dentro de mim, como se eu estivesse com uma goteira. Um choro interno. Agora há pouco, Luiz já no quinto sono, eu sozinha, não aguentei: chorei, chorei. Tudo o que não chorei de verdade nos últimos dias. Chorei, chorei.

Em meio às lágrimas, escrevi os rabiscos abaixo, de uma tacada só. Provavelmente não é o poema mais bonito que você vai ler na vida, mas garanto que é um dos mais sinceros. Foi gestado na poça de lágrimas que se formou no fundo da minha barriga. Botei pra fora, pra ver se ela (a barriga, a alma) se acalma. Amanhã tem mais, afinal.”

Passados 2 anos da tragédia, quase tudo continuou irreparado. E minhas lágrimas foram contidas (ou já secaram neste 2020 de cobertura de pandemia), mas ainda resta indignação por tudo o que foi perdido no mar de lama. As 270 vidas, claro, mas também o rio Paraopeba e as condições de “vida normal” de milhares de pessoas.

O que resta fazer, nesses aniversários, é relembrar. Relembrar tudo o que aconteceu – e o que ainda não aconteceu, embora devesse ter sido feito.

Para ajudar nesta lembrança, destaco abaixo reportagens do portal “G1”, onde trabalho hoje, que prestou uma bela homenagem a todas as vítimas da chamada “tragédia de Brumadinho”:

  1. 2 anos após tragédia, quatro cidades do entorno de Brumadinho ainda sofrem com impactos
  2. Moradores não veem futuro no local da tragédia e denunciam ‘expulsão’
  3. Sobrinho ‘transforma dor em arte’ ao usar escombros da casa da tia em quadro
  4. Maior operação de buscas do Brasil completa 2 anos com mais de 6,5 mil horas de trabalho
  5. Familiares de vítimas e moradores atingidos pela tragédia da Vale fazem protestos
  6. Parentes de vítimas do rompimento de barragem participam de missa em Betim
  7. Missa em Brumadinho faz homenagem às vítimas da tragédia da Vale
  8. Dois anos após tragédia, memorial não sai do projeto
  9. ‘Todo dia alguém chorava’: jornalistas relembram emoções e desgaste da cobertura da tragédia de Brumadinho
  10. Processo criminal sobre tragédia de Brumadinho está parado na Justiça há mais de um mês

Nunca nos esqueceremos de Brumadinho!

 

 


Leia também:

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Um comentário em “Os 2 anos do crime de Brumadinho em 10 reportagens Deixe um comentário

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: