Ir para conteúdo

20 charges sobre o nazismo e outros absurdos no governo Bolsonaro em 2020

Na noite dessa quinta-feira (16), escrevi um post sobre seis figuras de entidades governamentais ligadas à Cultura no governo Bolsonaro – entre elas, o então secretário da Cultura Roberto Alvim – dizendo como suas ideias fundamentalistas acabarão por colocar a cultura do Brasil no fundo do poço. Agendei o post para entrar hoje às 6h. Mal sabia eu que acordaria com um vídeo horripilante (de arrepiar mesmo, de tão tenebroso) de Roberto Alvim fazendo apologia ao nazismo.

O ano mal começou: 17 dias apenas desde o início de 2020, segundo ano de mandato de Jair Bolsonaro na Presidência da República. E já tivemos um ministro denunciado na imprensa por ato que configura improbidade administrativa e outro ministro demitido por fazer apologia ao nazismo em um vídeo gravado para a população brasileira.

(Chamo de ministros porque são figuras do primeiro escalão, embora seus respectivos ministérios tenham sido rebaixados a secretarias – da Comunicação Social e da Cultura, respectivamente).

O ano mal começou, dizia eu, e também já tivemos pérolas do Ministério da Relações Exteriores, do ministro da Educação (sic) e da ministra Damares (Mulher, da Família e dos Direitos Humanos), pra ficar nos principais.

Ou seja, em 17 dias de 2020, ao menos cinco ministros de Bolsonaro estiveram envolvidos em atitudes, falas ou decisões polêmicas, sendo que um deles acabou demitido por isso. (Melhor do que nada. Basta lembrar que em 2019 o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, chegou a ser indiciado pela PF e denunciado pelo Ministério Público no laranjal do PSL e continua no primeiro escalão do governo Bolsonaro até hoje…)

Normalmente, em dias como hoje, eu faria uma galeria de charges sobre o episódio envolvendo Alvim (que em breve, ao que tudo indica, será substituído por Regina Duarte). Mas pensei melhor e achei que a galeria estaria incompleta se eu não homenageasse a trupe toda, inclusive o chefe dos patetas, o capitão-mito-lambe-botas-de-Trump. Por isso, as 20 charges selecionadas abaixo contêm críticas a todos eles.

Mas, atenção: são sobre fatos que se referem exclusivamente a 2020, hein! Porque se fosse para eu pegar de 2019 também, teria que ser uma galeria com umas 500 charges, para contemplar tudo.

Boa leitura deste resumo (mas tome um antiácido antes!):

No mais, sigamos alertas, porque ainda há muitos ovos de serpente neste governo, prontos para serem chocados.

 

Leia também:

  1. As 6 pessoas no governo Bolsonaro que vão levar a cultura do Brasil para o buraco
  2. Mais um caso de grave censura a uma produção cultural no Brasil fundamentalista e autoritário em que vivemos
  3. Em 1 mês de governo Jair Bolsonaro, pelo menos 40 retrocessos e absurdos; veja a lista
  4. A censura ao beijo gay dos quadrinhos e o fundamentalismo religioso no Brasil
  5. Brasil, o ex-país do Carnaval
  6. O futuro distópico de um Brasil governado por bolsonaristas e olavistas
  7. O fanatismo, o fascista corrupto, as fake news e minha desesperança
  8. O fanatismo e o ódio de um país que está doente
  9. Fanatismo é burro, mas perigoso
  10. O que acontece quando os fanáticos saem da internet para as ruas
  11. Há um Jair Bolsonaro entre meus vizinhos?

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: