As capas de jornal, as charges e o melhor discurso sobre a prisão de Lula

Hoje é um daqueles dias em que eu me vejo na obrigação de ver como estão as primeiras páginas dos jornais do Brasil. Porque é daqueles dias que entram para a História, que serão estudados futuramente pelo meu filho na escola. Lembram o que escrevi no dia 16 de fevereiro? Que estamos caminhando para a volta da ditadura militar no Brasil? Naquele post, contei 10 passos preocupantes. De lá pra cá, outros tantos ocorreram:

1- Marielle Franco foi executada no Rio da intervenção militar

2- Sua memória foi difamada por uma desembargadora e um deputado federal impunemente

3- Um general do Exército dá declarações absurdas (que até a “Folha” viu como perigosas) e não recebe qualquer punição pelo presidente da República

4- O STF decide contra um habeas corpus sem antes votar as ações diretas de inconstitucionalidade que dizem respeito diretamente ao mesmo assunto, e atropela a Constituição Federal – algo que até o Reinaldo Azevedo, que praticamente cunhou o termo “petralha”, admite que aconteceu

5- Um juiz de primeira instância, Sergio Moro, determina a prisão de um ex-presidente da República contrariando o acórdão da segunda instância que previa que a prisão só poderia ocorrer depois de esgotados todos os embargos naquela instância

Já estamos em plena ditadura, meus amigos. Porque o Estado Democrático de Direito foi ferido, a Constituição foi rasgada, e todos nós estamos sujeitos a ter nossa presunção de inocência substituída, arbitrariamente, por presunção de culpa. Ninguém está acima da lei, mas ninguém deveria estar abaixo dela também – como sabiamente disse um senador que voltarei a citar mais abaixo.

Ao ver as capas dos jornais de hoje, não me surpreendi: todas completamente acríticas, como era de se esperar de uma imprensa que tem contribuído com o golpe desde que ele se instalou no Brasil, em 2016. Aí estão algumas delas:

 

Ainda bem que temos chargistas, que expressam muito melhor a dramaticidade do que o Brasil vive do que meros capistas e editores de jornal:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas quem melhor falou sobre tudo o que aconteceu nos últimos dias foi o senador Roberto Requião, do PMDB do Paraná. Vale a pena ver o discurso que ele fez hoje no Senado na íntegra, em todos os seus 13 minutos:

Destaco a parte que ele fala pouco depois dos 11 minutos: “Daqui a pouco a Justiça será feita pelo guarda da esquina.” Meu pai, que viveu aqueles períodos sangrentos e extremamente corruptos de 1964 a 1985, sempre me disse que a pior ditadura é a do guardinha da esquina. E eles já estão se achando, como bem mostra esta notícia.

Agora é ver os próximos capítulos deste pobre país chamado Brasil. Para os gringos, que estão de olho em nós, o caos em que o Brasil foi mergulhado nesta semana deve levar ao crescimento de Jair Bolsonaro no cenário político. É mole ou quer mais?

Boa noite e boa sorte!

Leia também:

faceblogttblog

Anúncios

5 comentários sobre “As capas de jornal, as charges e o melhor discurso sobre a prisão de Lula

  1. Muito bom o discurso do emedebista paranaense. Vou tentar achar na Internet o do senador gaúcho petista que falou em seguida para um plenário completamente vazio. Mas os dois não discursaram em vão, graças à internet e aos blogs democráticos. Não se espere que essa imprensa retratada nas capas dos jornais de hoje mostradas aqui dê alguma linha sobre as falas de Roberto Requião e Paulo Paim. Muito menos, TVs. e rádios. Pobre imprensa brasileira entregue ao capital local e estrangeiro.

    Curtir

  2. Importantes posicionamentos de jornalistas sobre imprensa aliada ao golpe judiciário – parlamentar e também midiático, porque tem todo apoio dessa “pobre imprensa brasileira”… o discurso de Lula hoje antes de “cumprir ordem judicial” e se apresentar à Polícia Federal, foi muito bom, vale a pena escutá-lo e divulgá-lo, ele disse mais ou menos isso: não prenderão minhas ideias, que vocês sejam Lula e espalhem minhas ideias e sonhos pelo país afora .. e citou uma frase de autor desconhecido: ” Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a chegada da primavera”. . Temos lado, e Lula nos lembra que ter lado é sinal de inteligência, Parabéns Cris por mais este post que se posiciona em momento histórico que tem exigido de nós muita luta para defender nossa Democracia ameaçada pelo golpe que se instalou no país desde agosto 2016. Que consigamos recuperar nossa Constituição e os Direitos perdidos nesses tempos de golpe, e que “nosso” Luiz cresça em ambiente de mais liberdade e democracia no país… beijos

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s