Ao menininho de Aleppo


Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto escrito por Eduardo Augusto*:

 

Tudo estava claro. Depois veio um estrondo. Tudo ficou escuro. Homens gritam lá fora. Um deles me pegou no colo, me sentou numa cadeira. O lugar está muito claro. Meu cabelo tá sujo. Sujou. Tem uma coisa escorrendo no meu rosto…

(Os militares sírios realizaram um ataque aéreo onde morava o menino Omran Daqneesh com sua família. O ataque foi uma resposta às ações das forças contrárias ao governo Bahsar al-Assad. Era o dia 18 de agosto de 2016).

*

Querido Omran Daqneesh, suas mãos tão pequenas me comovem. Elas tocam o seu rosto ensaguentado. Talvez você nem saiba o que é sangue. Me comovo também, quando você olha pra sua mão. Estará nela inscrito um mapa que nos mostrará a saída? Agora, já são três crianças na ambulância.  Elas estão tão paralisadas quanto você! Três preciosas vidas. Haverá outras a serem resgatadas dos escombros da maldade e da ignorância humanas?

Talvez você não saiba que muitos homens brigam enquanto você brinca. Enquanto milhares de crianças de Aleppo brincam. Já faz 5 anos que essa guerra estúpida começou. A mesma idade que você. Talvez os seus pais achassem que isso iria terminar logo. Mas, os dias foram se passando. Morreram muitas pessoas. Outras ainda estão fugindo, sabe-se lá pra onde. E como era bonita sua cidade! Vi algumas fotos do antes e do depois da guerra. Mas, eu não deveria estar te dizendo isso, porque nem eu entendo o que está acontecendo! Ninguém entende muito bem.

Você viu? 47 crianças gravaram um vídeo pedindo que as organizações internacionais possam auxiliá-las a sair do orfanato onde vivem agora. O que é um orfanato? É um lugar onde o pai e a mãe da gente não está. No centro da sala, quem fala é Yasmin Kanuz, de 10 anos. Ela toma o ar cada vez que começa uma frase… nem ela, nem aquelas crianças deveriam estar ali pedindo o cessar-fogo! Mas, uma coisa é certa: ela tem tanta coragem quanto você!

Omran Daqneesh, seu nome é diferente. É porque você nasceu na Síria que tem esse nome. Seu país é de todos os sírios! Não é só de um homem, de uma única pessoa, não! É um lugar onde mora muita gente que só quer trabalhar, conversar, dormir, passear, viver a vida. Se não fossem aqueles que só querem o ódio, tudo estaria melhor! Mas, vendo daqui… tudo parece tão longe… e tudo fica perto quando vejo mães, pais e crianças chorando. Muitas delas, já nem choram mais, e eu não sei dizer o porquê. Só sinto em meu coração uma profunda dor, compartilhada em humanidade. Há uma música que gosto que diz assim: “a guerra não duvida o dia de amanhã”. Porque Omran, os homens ainda têm que compreender muitas coisas… que o amor e a paz são fundamentais.

Soube depois que você está bem! Desejo que nada de mal te aconteça mais. Nem com você, nem com nenhuma criança de Aleppo, da Síria, da África, ou de lugares onde tenham guerras. Nem com as crianças aqui no Brasil. Muitas delas ainda vivem em situação de risco, na luta diária pela sobrevivência.

Se você morasse mais perto, tenho certeza de que brincaria com minha filha. Brincaríamos juntos!

Omran, vamos rezar pela paz todos os dias e que a Terra pertença a todos os homens e mulheres. Os mansos de coração.

 

* Eduardo Augusto, 50, é filósofo e escritor. Natural de Ouro Preto (MG), mora há 15 anos em Beagá. Autor do blog Maneira Simples.


Você também quer ter seu texto publicado pelo blog? ENTRE EM CONTATO e, se seu texto tiver a ver com a proposta do blog, poderá entrar no blog! Pode ser poemaresenha de filmeanálise política, conto, crônica, ensaio fotográfico, dicas práticas etc. VEJA AQUI outras contribuições enviadas por leitores do blog.

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

Um comentário sobre “Ao menininho de Aleppo

  1. Parabéns Eduardo pela sensibilidade de olhar, sentir, ouvir e, acima de tudo, tocar o próximo pela singela arte da palavra. Arte que navega pelos ventos da boa ventura, pelas marés dos sonhos e crê no homem pela sua essência verdadeira.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s