Galeria com 50 grafites em Belo Horizonte

Há exatamente 15 dias, escrevi um pouco aqui no blog sobre o grafite (ou graffiti, como preferem alguns puristas) produzido em Belo Horizonte. Para fazer o post, contei com a valiosa ajuda de pessoas mais entendidas no assunto, como os grafiteiros Davi de Melo Santos e Maria Raquel Bolinho, além das explicações de Beto Trajano. E prometi, naquele dia, que, logo que eu juntasse um número razoável de fotografias, criaria uma galeria de imagens agrupando vários dos trabalhos espalhados pelas ruas da cidade.

Pois bem, hoje, depois de uma volta pelos bairros Santa Efigênia e Serra, consegui chegar a 50 imagens. Por isso, resolvi dar o pontapé na galeria, que terá um espaço fixo no blog, na abinha vermelha aí em cima. Sempre que eu vir mais algum grafite bonito, vou fotografar (mesmo que só com o celular mesmo) e acrescentar na galeria. Sempre que receber contribuições dos leitores, farei o mesmo. E assim esta categoria será bastante dinâmica e cada vez mais completa e mais rica — como acontece com a arte de rua produzida na nossa terrinha.

Por enquanto, tenho representantes das seguintes regiões da cidade: centro-sul (Funcionários, Savassi, Serra, Mangabeiras, Morro do Papagaio), leste (Santa Efigênia, Pompeia, Santa Tereza), oeste (Barroca, Estrela Dalva) e noroeste (Santo André).

Quer visitar a galeria? Clique AQUI ou vá direto para a abinha “Grafite em BH”, acima. É possível ver em mosaicos, com as imagens pequetitas, ou clicar sobre uma delas e ver em forma de apresentação de slides, com as devidas legendas dando o nome do artista, localização da obra e outros detalhes. Bom divertimento 😉

grafite2

Anúncios

4 comentários sobre “Galeria com 50 grafites em Belo Horizonte

  1. Grafites Maravilhosas!
    A Prefeitura de BH deveria aproveitar o potencial dos seus artistas grafistas para pintar os muros da sua cidade, tal como fazem em outras povoações do Mundo.
    Em algumas fotos aparece lixo, algo que deveria ser levado em conta, visto que é a galeria é um produto que passará para os olhos de todos. Algumas fotos poderiam ser editadas, para que a qualidade da grafite possa ser focada com melhor exatidão.
    É necessário ter em conta, que grande parte das “grafites”, aquelas que não aparecem nas fotos, são poluição visual.

    Excelente trabalho!

    Curtir

    • Realmente, acho até que tem potencial turístico! A PBH e Belotur deveria criar um guia com as localizações, pra quem quisesse ir admirar pessoalmente… Em algumas fotos, como na rua Major Barbosa, eu preferi mostrar como o entorno estava feio, pra ser possível perceber a diferença que um grafite faz num ambiente desses 😉

      Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s