Nem tudo é o que parece – parte 2

Depois que escrevi o post de ontem, meu pai comentou: “Se tivesse a minha idade teria se lembrado de Carlos Estêvão, um humorista e desenhista pernambucano que morava em BH e era colaborador semanal da revista O Cruzeiro quando eu era adolescente.”

Fui procurar saber e descobri um gênio! E lamentei que esse tipo de coisa do passado custe tanto a nos alcançar no presente. Todos os amantes das charges, da ilustração e do cartum deveriam, por obrigação, conhecer este pernambucano da geração de Millôr Fernandes, que tanto contribuiu para essa arte no Brasil.

Como o tema do post são os pré-julgamentos, nada melhor do que reproduzir algumas tirinhas que Carlos Estevão fez para a revista “O Cruzeiro”, numa série que ele criou chamada “As aparências enganam”:

ce1

ce2

ce3

ce4

ce5

ce6

ce7Tirei todas as ilustrações do site Memória Viva, que traz também a biografia de Carlos Estevão e muitos outros desenhos! Clique AQUI para ver.

Também li uns causos bem interessantes sobre a figura que Estevão era NESTE blog.

Leia também:

 

Anúncios

5 comentários sobre “Nem tudo é o que parece – parte 2

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s