Bolão do Oscar 2014: acertei 10 de 16 categorias

Selfie de atores no Twitter de Ellen DeGeneres (@TheEllenShow)

Selfie de atores no Twitter de Ellen DeGeneres (@TheEllenShow)

Mais uma vez errei em um monte de apostas, mas fiquei satisfeita por acertar mais da metade. Principalmente por ter arriscado certo nas categorias mais importantes, como melhor filme, diretor, ator e roteiro original.

Para conferir, os acertos foram:

  1. Melhor filme: 12 Anos de Escravidão
  2. Melhor diretor: Alfonso Cuarón
  3. Melhor roteiro original: Ela
  4. Melhor ator principal: Matthew McConaughey
  5. Melhor ator coadjuvante: Jared Leto
  6. Melhor atriz coadjuvante: Lupita Nyong’o
  7. Melhores efeitos visuais: Gravidade
  8. Edição de som: Gravidade (neste eu tinha dado palpite duplo; mas, como é só meu blog, tá valendo ;))
  9. Mixagem de som: Gravidade (idem)
  10. Melhor Edição: Gravidade

E os erros:

  • Escolhi duas para melhor atriz (Sandra Bullock e Meryl Streep) e nem assim consegui acertar, rs. A Cate Blanchett é excelente atriz, mas gostei tão pouco de Blue Jasmine que minha opinião ficou prejudicada. De qualquer forma, Meryl devia ser impedida de disputar Oscar, porque ela é sempre hors concours. Ela devia ganhar estatuetas pelo correio, assim que o filme em que estiver entrar em cartaz.
  • Para fotografia, ganhou Gravidade e continuo achando que Nebraska merecia mais.
  • Roteiro adaptado ganhou o ótimo 12 anos de Escravidão, e fiquei feliz com a escolha. Eu tinha votado em O Lobo de Wall Street porque não queria que ele ficasse sem prêmio nenhum, mas foi o que aconteceu. Pra mim, foi a grande surpresa negativa da noite, já que é um filmaço.
  • Em trilha ganharam os silêncios de Gravidade, e continuo preferindo a lindeza sonora de Ela.
  • Perdi no figurino  em design de produção para um filme que não assisti, então fica difícil de avaliar: O Grande Gatsby (cujo ator principal é, também, Leonardo DiCaprio)

As outras premiações (de oito categorias em que não apostei), podem ser vistas AQUI.

***

Alguns comentários:

1) Ellen DeGeneres foi excelente apresentadora. A cena dos atores comendo a pizza que ela saiu distribuindo foi impagável, quebrou aquela aura de celebridade e o formalismo da cerimônia, fez a gente imaginar o Brad Pitt tomando cerveja no quintal da nossa casa, de chinelos, enquanto o Bradley Cooper ajuda a fazer o churrasco. Não é à toa que o “selfie” que ela postou no Twitter quebrou, de longe, o recorde de retuítes. Enquanto escrevo este post, já foram mais de 2,5 milhões de retuítes (o recorde anterior, de uma foto do Obama, foi de míseros 781 mil).

bradpitt

2) Meu sonho é uma cerimônia de Oscar sem apresentações musicais. Como disse um amigo no Facebook, se Hollywood fizesse músicas, em vez de filmes, morreríamos todos de diabetes. São bombas de açúcar no tom, na letra e na voz, praticamente sufocantes!

3) Alguns discursos também enchem o saco, mas outros emocionam. É muito legal ver alguém que não é figurão, tipo os caras que fazem curtas de animação, ganhando um prêmio importante como o Oscar. Para eles, parece significar muito mais que para os bambambãs. Teve um que tremeu tanto que parecia que ia infartar no palco. Os discursos de Jared Leto e de Lupita também foram excelentes. Cate Blanchett não deixou de agradecer a Woody Allen, mesmo com os escândalos sexuais que voltaram a pairar sobre ele.

4) Pelas caras, Sandra Bullock e Leonardo DiCaprio ficaram muito decepcionados por não terem sido os escolhidos. Chiwetel Ejiofor também me pareceu puto da vida. Mas só DiCaprio virou alvo de milhares de piadas e memes na internet. Já tem até um que mostra uma cena do filme “O Lobo de Wall Street” em que o então chefe de DiCaprio é interpretado por Matthew McConaughey 😀

dicaprio_matthew

5) Gravidade merecia 7 estatuetas? Bom, como ganhou principalmente pelos prêmios técnicos e direção (e Cuarón é um diretor talentosíssimo), achei justo. Mas, é engraçado: se o filme é tão bom a ponto de ganhar em 7 categorias, mais do dobro de Clube de Compras Dallas (3) e 12 Anos de Escravidão (até então, 2), por que ele não levou logo o prêmio de melhor filme? Como achei Gravidade no máximo nota 7, fiquei feliz que a decisão não seja só aritmética ou lógica e que o prêmio mais importante da noite tenha ficado para o filme com a história mais contundente. É legal ver que boas histórias ainda superam boas tecnologias no cinema. Até quando?

Leia as resenhas dos dez filmes indicados ao Oscar 2014:

Leia também:

Anúncios

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s