O bacon e o brócolis: o que mata mais?

Foto: Dennis Brown e Quadell / Wikipédia

Foto: Dennis Brown e Quadell / Wikipédia

Começo o post com esta anedota/provocação de Roberto Takata:

“Você viu? Embutidos causam câncer.”
“Pois é.”
“Vou trocar bacon por brócolis.”
“Mas você viu? Brócolis está contaminado por agrotóxicos.”
“Hmmm. Vou comprar orgânico.”
“Mas você viu? Orgânicos desmatam mais.”
“Ok, bacon, você venceu.”

Para quem não pegou o espírito da coisa, vale a pena ler a explicação do próprio Takata, AQUI.

Ainda sobre esse assunto, o cientista Roberto Takata, que tem um livro disponível para download aqui na Biblioteca do Blog, fez um trabalho muito bacana, em seu blog Gene Repórter, de “traduzir” para os leigos o documento da Agência Internacional de Pesquisa do Câncer, ligada à OMS, por meio de perguntas e respostas. CLIQUE AQUI para ler, imperdível!

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

Receita de cabelo de anjo com bobes

Já me criticaram por fazer miojo com todas as sobras da minha geladeira, então troquei o macarrão pelo tipo cabelinho de anjo. É tão fácil quanto, talvez mais saudável e a mesma delícia. Então, mão na massa:

Ingredientes:

  • Três novelinhos de macarrão cabelo de anjo
  • Molho italiano pronto (ou massa de tomate + cebola + ervas etc)
  • Duas salsichas
  • Queijo minas padrão
  • Alho picadinho
  • Molho de soja
  • Ervinhas a gosto (tipo manjericão ou orégano secos)
  • Curry

Modo de preparo:

Ferva a água e, depois, coloque o macarrão por no máximo 2 minutos (ele cozinha rapidaço!), com um tiquinho de azeite para ajudar a desgrudar os fios. Escorra e jogue um pouco do molho de soja frio pra ele parar de cozinhar (senão fica molengo demais) e ainda pegar o gostinho e a cor do molho.

Paralelamente, leve ao microondas as salsichas picadinhas, misturadas ao molho italiano, ao alho e ao queijo.

Misture tudo depois, salpique o curry e as ervinhas e coma feliz!

***

P.S. Não exijam muita dificuldade das minhas receitas, porque, como já expliquei aqui, eu só sabia fazer miojo, pipoca e brigadeiro até um ano atrás. Levei três tentativas pra conseguir deixar o cabelinho de anjo soltinho (na primeira vez, ficou um grude só). Hoje me dou ao luxo de inventar essas receitas aqui e ainda me sinto a maior chef, misturando esses temperos todos e inventando nomes para os pratos! 😉