Ir para conteúdo

Filmes natalinos para assistir com a família toda – e ir entrando no clima de Natal

Já falei aqui no blog sobre algumas coisas que amo fazer nesta época de Natal. Mas, de uns tempos para cá, adicionei um item à minha já extensa lista: assistir aos filmes natalinos, junto com meu pimpolho de 5 anos, o Luiz.

Depois que o aniversário dele passou, no dia 1°, eu falei: filho, agora vamos pensar no Natal! Montamos a arvorinha (ele montou, pra ser mais exata) e combinamos que todos os filmes que víssemos a partir daquele dia, até o fim do ano, seriam sobre o Natal.

Já vimos sete, se não me engano. E tenho alguns outros que eu já tinha visto em outros Natais e sei que são muito legais.

Abaixo, fiz uma lista só com os melhores, para que você e sua família também possam assistir e, além de se divertirem, já possam ir entrando no clima natalino 😉 Vou começar com os 14 que lembrei primeiro, mas vou atualizando a lista à medida que lembrar de mais.

Boa diversão!

Os Fantasmas de Scrooge

Scrooge é visitado pelo fantasma do Natal presente. Fotos deste post: Divulgação dos filmes

Vou começar com este que é um dos meus favoritos na vida. Trata-se de uma versão extremamente fiel do clássico de Charles Dickens, “Conto de Natal” (que é o nome original, não sei por que diabos traduzido dessa forma para o português). Assisti pela primeira vez ainda no cinema, em 2009, na versão 3D. Gostei tanto que comprei o DVD – que depois sumiu. Mas revi quando ele ficou no catálogo da Netflix (hoje não está mais). Não é à toa que “Conto de Natal”, de 1843, é um clássico tão atemporal e tão forte e eterno: a mensagem que ele traz é maravilhosa. Todo mundo deveria ler e reler este livro! E os pequenos já podem começar a ter contato com ele a partir desta versão em filme.

  • Duração: 1h36
  • Ano de lançamento: 2009
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Já esteve na Netflix, mas hoje não
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

O Expresso Polar

O herói do filme olhando ceticamente para o bilhete do Expresso Polar.
Os atores do filme, como Tom Hanks, na foto, tiveram seus movimentos capturados para virarem animação.

Do mesmo diretor de “Os Fantasmas de Scrooge” (Robert Zemeckis, que também dirigiu o sensacional “Forrest Gump”), este filme foi revolucionário quando foi lançado, em 2004 (veja na imagem ao lado para entender por quê). A animação já evoluiu muito desde então, mas ele continua sendo um filme importante, com ninguém menos que Tom Hanks nos papeis principais. É um filme que eu indicaria para as crianças um pouco maiores, e que estão começando a duvidar da existência de Papai Noel. Porque ele é sobre essa magia tão importante e sobre ser capaz de acreditar em algo mesmo que não se possa vê-lo. Mas o Luiz, aos 5, também gostou bastante. Vi no cinema, em 3D, e de novo agora, na TV, e também recomendo.

  • Duração: 1h40
  • Ano de lançamento: 2004
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, na Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

O Grinch

O Grinch em seu momento de mais mau humor.

Não pensem que me refiro àquele filme terrível protagonizado pelo Jim Carrey e lançado no ano 2000. Aquele filme é tão ruim que não consegui passar dos 20 primeiros minutos, eu acho. Mas a versão em animação de 2018 é, além de muito bem feita, extremamente divertida e tocante. A história é baseada no mesmo livro clássico de Dr. Seuss, “Como o Grinch roubou o Natal!”, de 1957. O Grinch é um sujeito que odeia o Natal e tudo o que tem a ver com ele. Mas ele tem um motivo para isso. E, quando ele resolve estragar a festa de todo mundo, ele acaba se curando, da maneira mais inesperada. O filme traz uma lição bonita sobre o real significado dessa data e sobre como todo mundo tem direito e capacidade de se regenerar. Há muitos Grinches como este pelo mundo afora, que tal sermos a pessoa que vai ajudá-los a enxergar a vida de forma mais amorosa?

  • Duração: 1h25
  • Ano de lançamento: 2018
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, na Amazon Prime
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

O Natal de Ângela e O Presente de Natal de Ângela

Ângela e seu irmão tentam ver no mapa a distância entre Irlanda e Austrália.

Tratam-se de dois filmetes produzidos pela Netflix e disponíveis na rede de streaming. Eles me lembram bastante o espírito do “Conto de Natal”, do Dickens, também, embora sejam histórias diferentes, que se passam já no início do século 20. No primeiro, Ângela se evolve em uma pequena aventura por tentar aquecer o menino Jesus do presépio da igreja. No segundo, a aventura fica ainda maior, quando ela e o irmão tentam trazer o pai – que trabalha na Austrália, muito distante daquela Irlanda pobre e gelada – de volta para casa, para alegrar a mãe. As mensagens que os filmes carregam, de perdão, generosidade, reunião familiar, e tantas outras, são muito poderosas, mesmo para as crianças menores. O Luiz gostou tanto que viu os dois filmes em seguida e, no dia seguinte, quis revê-los de novo.

  • Duração: 30 minutos e 47 minutos
  • Ano de lançamento: 2017 e 2020
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, são produções da Netflix
  • Saiba mais sobre os filmes AQUI e AQUI.

Milagre na Rua 34

A pequena Susan (que ficou famosa com ‘Matilda’) se encanta pelo Papai Noel.

Eu sou absolutamente encantada com este livro de Valentive Dabies, tanto que já reli suas 117 páginas dezenas de vezes, desde que era criança. Já falei sobre isso aqui no blog váááárias vezes, como AQUI. O filme mudou tanto o livro, principalmente o final, que fiquei bastante irritada quando fui assistir. Mas ainda guarda um pouco da mensagem principal, como a importância do Papai Noel, por isso pus nesta lista. Só não deixe de ler o livro alguma vez, hein!

  • Duração: 1 hora e 54 minutos
  • Ano de lançamento: 1994
  • Tipo: não é animação
  • Tem em streaming? Não
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

Crônicas de Natal (1 e 2)

Papai e Mamãe Noel. Ela participa bem mais do filme 2.

Descobrimos esses filmes na semana passada e ficamos extasiados! É MUITO legal, principalmente para quem adora Papai Noel, como eu! O primeiro diz que é classificação indicativa de 10 anos e o segundo é livre, mas não vi problema nenhum em ver os dois com o Luiz, que também amou tudo. No primeiro filme, vemos como os irmãos Teddy e Kate acabam quase colocando o Natal por um fio, mas depois ajudam o Papai Noel (na pele do ótimo Kurt Russell) a salvar tudo. O segundo é mais mágico ainda, porque  as crianças vão parar lá no Polo Norte, na vila onde o casal Noel e os elfos vivem, e todas as cenas são de encher os olhos de qualquer criança (e adulto)!

  • Duração: 1h44 e 1h52
  • Ano de lançamento: 2018 e 2020
  • Tipo: não é animação
  • Tem em streaming? Sim, os dois são produções da Netflix
  • Saiba mais sobre os filmes AQUI e AQUI.

Operação Presente

Arthur é o filho caçula de Noel e ele é cheio de espírito natalino!

Este filme mostra uma distribuição de presentes ultra high-tech, comandada pelo filho mais velho de  Papai Noel, que é mais uma pessoa figurativa do que o verdadeiro rei do Natal. Só que esse filho mais velho deixa de entregar um presente. Uma criança acordará na manhã do dia 25 de dezembro e não verá seu pedido na árvore. O filho caçula de Noel fica chocado com essa possibilidade e vai tentar salvar o presente da garotinha. O resto da história é pura aventura, que agrada a pais e filhos!

  • Duração: 1h37
  • Ano de lançamento: 2011
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, na Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

Klaus

Cena do filme Klaus.

Este eu vi no ano passado e lembro que achei muito estranho na maior parte do tempo, mas legal, no fim das contas. Só fiquei em dúvida se o Luiz, então com 4 anos, tinha entendido tudo. A classificação desse filme é 10 anos, porque ele se passa em um fim de mundo onde duas famílias rivais tentam se matar o tempo todo. Mas, tirando esses laivos violentos, não é um filme que só as “crianças grandes” possam ver. Conta uma espécie de história alternativa de quem seria Papai Noel. E sobre como o amor e generosidade podem provocar transformações imensas. Vale a pena assistir!

  • Duração: 1h36
  • Ano de lançamento: 2019
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, é da Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI.

The Snowy Day

Peter, sua avó brincalhona e o disco que ele ganhou de presente dela.

Trata-se de um curta de animação muito fofo que a Amazon produziu, baseado num livro premiado de Ezra Jack Keats. Como quase todos os filmes natalinos, ele foge muito do nosso Natal tropical, com toda aquela neve e as roupas de inverno. No caso desse filme, que nem teve o nome traduzido, isso se eleva ao máximo, já que ele é todo sobre um passeio na neve, que o pequeno Peter faz entre a casa de sua mãe e a de sua avó, no dia de Natal. Esse passeio vai mudar o Natal de muita gente, de forma bastante singela, no meio do caminho. Ao contrário dos outros filmes, este não tem Papai Noel, não tem nenhuma magia. Mas tem toda a mágica do Natal em si, essa coisa que aquece nossos corações! Vale a pena assistir.

  • Duração: 38 minutos
  • Ano de lançamento: 2016
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, é da Amazon Prime
  • Saiba mais sobre o filme AQUI

O X do Natal

Este é o alien chamado X.

A Terra é invadida por um monte de extraterrestres que têm como principal objetivo de vida roubar. Eles querem chegar aqui e levar tudo o que temos, e calhou de caírem justo no Polo Norte, e bem na véspera de Natal. Misturado a isso temos uma menininha elfa que está sentindo muitas saudades do pai, um elfo que não para de trabalhar, sobrecarregado pelo próprio Papai Noel, que quer um trenó capaz de entregar os presentes 90% mais rápido a todos do planeta. O alien X vai conhecer esta menininha e a história de 40 minutos vai se desenrolar a partir deste encontro. Assim é este filme, que teve uma péssima tradução de nome (o original é “Alien Xmas”) e não chega a ser o melhor que já vi na vida, mas o Luiz curtiu, então trouxe aqui pra lista.

  • Duração: 40 minutos
  • Ano de lançamento: 2020
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, na Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI

Uma Invenção de Natal

A netinha de sorriso lindo que amolece o coração do avô carrancudo.

Este é um musical, com canções bem interessantes, muita dança, figurino exuberante. Provavelmente vai concorrer ao Oscar em categorias como figurino, design de produção e trilha sonora. Já o roteiro tem alguns problemas. A história em si demora uns 55 minutos para começar a engrenar de vez, antes disso é tudo muito lento – até demais, considerando que o maior público-alvo do filme são as crianças (a classificação indicativa é livre). Depois ela ganha fôlego, umas pitadas de magia, e aqueles ingredientes essenciais para um filme que se passa no Natal: amor, perdão, superação. Enfim, no geral, é um bom filme, com destaque para todos os autômatos incríveis que o personagem principal inventava. Só tem uma coisa: além desses ingredientes e de se passar no Natal e até apesar de se chamar “Invenção Natalina”, o filme não tem a temática do Natal, não. É quase uma mera coincidência tudo acontecer em dezembro. Mas tá valendo!

  • Duração: 2h2min
  • Ano de lançamento: 2020
  • Tipo: não é animação
  • Tem em streaming? Sim, é uma produção da Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI

A origem dos Guardiões

Estes são os guardiões!

Este filme não é só sobre o natal. Bom, é e não é. O Papai Noel está presente nele, mas também estão o Coelhinho da Páscoa, a Fada do Dente e os bem menos conhecidos aqui no Brasil Jack Frost e Sandman. Esses cinco, juntos, formam os guardiões, que têm a missão delicadíssima de proteger as crianças de todo o planeta. Mas eles perdem força quando elas param de acreditar em sua magia. E é isso o que o bicho papão, vilão da história, tentará fazer. O filme é cheio de aventuras, extremamente bem feito, e traz aquela mensagem importante de como é importante acreditar, mesmo que não se consiga ver. Acreditar em coisas como Amor, Felicidade, o Bem, ou, para muitos, Deus. Coisas impalpáveis. O Natal não é sobre isso também? 😉

  • Duração: 1h37min
  • Ano de lançamento: 2012
  • Tipo: animação
  • Tem em streaming? Sim, na Netflix
  • Saiba mais sobre o filme AQUI

 


Leia também:

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

 

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Um comentário em “Filmes natalinos para assistir com a família toda – e ir entrando no clima de Natal Deixe um comentário

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: