Fidel Castro e o medo do inferno

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Texto escrito por José de Souza Castro:

Eu poderia escrever muito sobre Fidel Castro, pois venho acompanhando sua trajetória, pela imprensa e por livros, como o de Sartre, desde 1959, aos 15 anos de idade. No mesmo ano em que os cubanos se libertaram de uma cruel ditadura apoiada pelos Estados Unidos e dominada mais de perto pela máfia americana, eu me libertei do medo do inferno.

Nesse tempo todo, tenho procurado viver longe do inferno – o que não é fácil. Quanto ao inferno como muitos tentaram descrever a ilha dominada por Fidel Castro, neste acho que nunca acreditei mesmo.

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Muitos vão escrever sobre a morte de Fidel Castro e a morte da esquerda, como Clovis Rossi, nesta manhã de sábado.

Outros, como Fernando Brito, vêm ao meu socorro, quando ensina que seria “pretensioso procurar resumir aqui 70 anos de lutas políticas e quase 60 em que foi um dos nomes mais amados e mais temidos do mundo”.

O pouco que ele escreveu, porém, em seu Tijolaço, vale ser lido. E este comentário de um desconhecido (para mim) pernambucano: Continuar lendo

Anúncios

Minha resenha de ‘Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar’

gilmore

Nesta sexta-feira (25), Luiz me acordou às 6h30 e, pouco tempo depois, estávamos eu e Beto assistindo ao episódio inédito “Inverno”, de “Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar”.

Fiquei emocionada, arrepiada e até chorei em alguns momentos, tomada pela nostalgia de ver como progrediram, quase uma década depois, personagens que acompanhei desde os meus 15 anos.

Quase em seguida, escrevi uma primeira resenha sobre essa temporada inédita (mas ainda sem ter visto “Primavera”, “Verão” e “Outono”).

Para quem quiser comentar comigo, dê uma espiada em minha resenha AQUI 😉

Veja também:

faceblogttblog