O melhor da Virada Cultural 2015, em Belo Horizonte

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Assim como fiz em 2012, na Virada Cultural paulistana, resolvi montar um cardápio particular com o melhor da programação deste ano da Virada belo-horizontina, que acontece no próximo fim de semana, na minha opinião. Provavelmente não vou cumprir ele todo, porque não ando com o melhor dos piques (e das bexigas), mas pode servir ao menos de inspiração para quem tiver gosto musical parecido e não quiser se debruçar sobre todas as dezenas de eventos previstos antes de se decidir.

Separei os dez horários de shows de que mais gostei (alguns têm mais de uma opção no mesmo momento, vou ter que decidir na hora)! Fica a dica:

Sábado (12/9):

  • 19h – Homenagem a Fernando Brant, com mais de 20 artistas mineiros (Affonsinho, Toninho Horta, Thiago Delegado, Marina Machado, Trio Amaranto, Gustavo Maguá, Christiano Caldas, Renegado, dentre vários outros), na Praça da Estação.
  • 20h30 – Audergang, banda de blues do guitarrista Auder Júnior, no Mirante das Mangabeiras
  • 21h – Inéditas – Billie Holiday, na praça da Savassi (ótimas intérpretes, como Mariana Nunes, cantando a diva do jazz)
    —> ou Baile do Simonal, com Simoninha e Max de Castro, no Sesc Palladium

Domingo (13/9):

CLIQUE AQUI para acessar a programação completa e montar seu próprio cardápio 😀 E CLIQUE AQUI para baixar o PDF com a programação completa, para acessar mais fácil no seu celular na hora do evento (ou imprimir, se achar melhor).

Você está sabendo de alguma apresentação MUITO LEGAL, que deveria estar no cardápio acima e passou batido por mim? Compartilhe sua sugestão nos comentários 😉

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

4 comentários sobre “O melhor da Virada Cultural 2015, em Belo Horizonte

  1. Tem Sepultura na praça da Estação :). Uma coisa que não entendo é a falta de artistas do Clube da Esquina, tem a homenagem ao Brant mas não tem o Lô Borges, Beto Guedes, Milton seria sonho demais. Temos um dos maiores movimentos musicais do país que em vários momentos é subjugado.

    Curtir

    • Acho que o Beto Guedes tá meio parado, mas o Lô Borges bem que podia ter entrado, né? Talvez ele não quis, rs. Mas eu achei legal a programação, abriram pra muitos artistas mineiros novos, em vez de ficar no Jota Quest-Skank-Pato Fu de sempre. Ó, e Sepultura eu passo 😉

      Curtir

      • Admiro mas também passo o Sepultura rs,.Pra quem gosta é um prato cheio. Sou ufanista em relação ao Clube e acho que Bh parece ter um pouco de vergonha deles. Deveria sempre ter eventos para valorizar essa historia e lançar novos artistas para seguir esse caminho. A virada ta no meio do caminho disso.

        Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s