Cenas das férias: São Paulo

tarjaferiasNão resisti: retomei o blog uma semana antes do fim das férias. Mas, como vocês verão pelos próximos posts, o clima ainda será de descanso, por isso vou manter a tarja amarela acima do post. Vou trazer para cá dicas de viagem, de livros e filmes que me acompanharam nas últimas semanas e até de receitas que fiz. Os temas mais “hard”, como a Copa do Mundo, os protestos e as eleições, só voltarão pra valer em junho.

Nestas férias eu realizei um velho sonho: pegar o carro e sair percorrendo as estradas, como nos road movies que adoro assistir. Ainda sem cacife para percorrer a Route 66, fui de Fernão Dias mesmo. Ao longo de 12 dias, percorremos 2.800 km, por quatro Estados, passando por várias cidadezinhas, mas parando principalmente em quatro delas. Passamos por calorão e friozão, praia e montanha, cachoeira e comilança.

No final, voltei de alma lavada para Beagá (e é sempre bom voltar para a terrinha), bastante descansada. Contando que ficamos, em duas das cidades, em casa de amigos, posso dizer que foi uma viagem barata. Por isso, os posts a seguir têm a intenção principalmente de servir como roteiro para uma programação muito legal de ser feita a dois, que realmente compensa em todos os sentidos. Trarei algumas dicas úteis para os viajantes/aventureiros também.

***

É o tal negócio: morei quase cinco anos em São Paulo, saí de lá sem muita saudade da cidade em si, mas, nas primeiras férias que surgiram depois, quis passar dois dias na Terra Cinza. O motivo principal foi rever os amigos, mas aproveitei para revisitar alguns pontos turísticos de que sempre gostei na cidade.

Primeira noite: restaurante Mocotó. É parada obrigatória para quem gosta de boa gastronomia. Saiba mais CLICANDO AQUI.

Dia 1: passeio pelo centrão. Tenho um carinho especial por lá, porque foi onde morei primeiro. Sei como a praça da Sé, por exemplo, é degradada e abrigo de pessoas abandonadas; e como a Cracolândia é um horror. Mas convivi com essa realidade bem de perto, tendo trabalhado na Barão de Limeira e morado no bairro Santa Cecília (e, antes, por cinco meses, em pleno viaduto do Chá). E ainda acho charmosos aqueles prédios antigos da Líbero Badaró, as luminárias vermelhas da Liberdade, e as camisas e tênis coloridos da Galeria do Rock. Sem contar que tem o Bar Léo e o Ponto Chic e o sanduíche de mortadela do Mercado Municipal (já a 25 de Março é fria!). Percorremos todos esses pontos, sempre a pé, durante todo o dia. (Clique em alguma imagem para ver todas em tamanho real.)

Noite 2: Melhor pizzaria de São Paulo, na Santa Cecília. Ótimo lugar para reencontrar velhos amigos sumidos 🙂

Dia 2: Passeio pelo Museu do Futebol, o melhor museu da cidade. Mas vale uma observação: para um museu sobre o futebol, esporte super dinâmico e com dezenas de campeonatos por ano, ele está MUITO DESATUALIZADO. Para ficar em um exemplo simples, não acrescentaram o título de Campeão da Libertadores ao Galo até hoje, passado quase um ano desde a conquista. Notamos várias outras ausências, inclusive de jogadores que foram escalados pelo Felipão para a Copa deste ano, que não eram nem sequer lembrados pelo acervo do museu. Acho que tinha que ser feita uma atualização pelo menos semestral, ainda mais em ano de Copa no Brasil.

Depois, como um protesto fechava a avenida Paulista, dificultando a visita ao Masp, fomos à Vila Madalena, onde vimos as centenas de grafites do Beco do Batman e arredores. Dica boa: o bairro, que é muito charmoso, tem uma concentração impressionante de bares e restaurantes, quase todos com uma coisa em comum: o preço salgado. Por isso, para um almoço sem esbanjamento de quinta-feira, o melhor é ir ao Galinheiro Grill, na rua Inácio Pereira da Rocha com Fradique Coutinho. Vale a pena pedir acompanhamentos diferentes, porque a comida chega com muita fartura.

No próximo post, dica de uma praia linda e ainda pouco conhecida em Santa Catarina 😉

Leia também:

Anúncios

2 comentários sobre “Cenas das férias: São Paulo

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s