Cenas das férias: Barra Velha (SC)

tarjaferias

A parada seguinte, após São Paulo, foi em Barra Velha, no litoral norte de Santa Catarina:

 

Seguimos por uma Régis Bittencourt bastante lenta por causa de um protesto. Fomos recebidos em Curitiba por um sol maravilhoso. E, em Barra Velha, por uma lua linda, baixa, redonda e vermelha, recém-saída de dentro do mar. Aliás, uma das coisas mais legais de se viajar de carro é poder observar paisagens maravilhosas pelo caminho, além de conhecer cidadezinhas que nem suspeitávamos que existiam. Abaixo, uma amostra do que vimos nas estradas (clique sobre qualquer foto para ver todas em tamanho real):

***

Barra Velha é uma cidade de 25 mil habitantes que se ergueu com a pesca de baleias e já foi refúgio de piratas. Hoje, a pesca ainda é destaque na economia local.

O turismo, por sua vez, ainda não é o forte da cidade, pelo menos no que diz respeito a atrair turistas de todo o país. E não é por falta de cartões postais: a cidade possui uma paisagem rara, que mistura a presença do mar (azul-azul), com uma lagoa de dez quilômetros de extensão, e o rio Itapocu.

Há tanto as praias próprias para a pesca, como a do Grant, onde é possível comprar pescados diretamente com os barqueiros, como as praias de ondas fortes, muito procuradas por surfistas. Também há ilhas bonitas, algumas a apenas 800 metros de distância, podendo ser alcançadas a nado pelos mais atletas. O lugar também é muito procurado por mergulhadores, praticantes de stand-up, caiaque e jet-ski (muito praticado na lagoa). O meio de transporte mais usado na cidade é a bicicleta, e é possível usá-la para ir, via estradinha de terra, até a Boca da Barra, onde há o belo encontro do rio, da lagoa e do mar.

Além disso, há o clima: no verão, o calor é comparável ao do Rio de Janeiro. E, em pleno outono de maio, quando estivemos lá, há sempre uma semana de veranico (e demos a sorte de encontrá-la!), com temperaturas de cerca de 25 graus. O mar de verão é quentinho, o do outono já estava mais frio, mas ainda agradável. Depois, no inverno, a temperatura cai bastante.

Além disso, a cidade é extensa e com boa infra-estrutura de restaurantes, bares, hospedagens, rede bancária e comércio em geral. Na entrada, uma estátua da Liberdade nos saúda desde a Havan Lojas de Departamentos. No centro, um mirante com duas réplicas do Cristo Redentor mostra bem a paisagem de águas azuis e transparentes abaixo.

Se a infra-estrutura local não bastar, cidades maiores como Blumenau, Joinville, Itajaí e Brusque estão a poucos quilômetros de distância.

Na galeria de fotos abaixo, é possível ter uma ideia de como vale a pena conhecer Barra Velha:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quer conhecer melhor Barra Velha? Programe-se:

No próximo post, dicas de roteiros turísticos na Serra da Mantiqueira!

Leia também:

Anúncios

4 comentários sobre “Cenas das férias: Barra Velha (SC)

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s