Ponte: o novo canal de segurança pública e direitos humanos

ponte2

O Brasil vai ganhar, a partir de semana que vem, um canal de jornalismo independente que abordará exclusivamente pautas de segurança pública, Justiça e direitos humanos, o Ponte. E eu já aviso desde já: é bom todo mundo ficar atento ao que será veiculado por ali, porque tenho certeza de que vai ser só reportagem bombástica e muitos furos (e é o que espero já para a estreia).

Falo isso por causa do time de jornalistas que estão tocando o projeto. Começa com meu amigo André Caramante, que já citei várias vezes aqui no blog, passa pela excepcional Laura Capriglione e segue com os feras Bruno Paes Manso, Fausto Salvadori Filho, Claudia Belfort, dentre outros. São “só” os melhores jornalistas de segurança pública e direitos humanos deste Brasil. Sou fã de todos eles e os tenho como inspiração (ao lado do meu pai).

Eles não vão sair publicando qualquer vídeo de celular capturado nas ruas, como já fazem bem outros grupos de jornalismo independente que contam com o caráter viral das redes sociais: se tiverem acesso a um vídeo com carga grave de denúncia, vão publicá-lo junto com um trabalho de jornalismo investigativo, com uma apuração profissional, de quem já trabalha há anos com reportagem e sabe como se faz. Esse é o diferencial em que aposto.

Por isso, recomendo desde já que não só os leitores em geral, mas principalmente os jornalistas de outras Redações fiquem atentos ao que será produzido ali, porque certamente haverá material para grande repercussão e debate público.

Conheça mais a intenção de alguns dos criadores do projeto no vídeo abaixo:

CLIQUE AQUI para ir para o site do Ponte — e salvar o endereço nos Favoritos para acompanhá-lo a partir da semana que vem 😉

VEJA AQUI a lista de apoiadores do projeto, que inclui figuras como Julian Assange, editor do WikiLeaks, os ex-ministros da Justiça José Gregori e Marcio Thomaz Bastos, o cientista político Luiz Eduardo Soares (co-autor de “Tropa de Elite”), o dramaturgo José Celso Martinez Correa, o escritor Paulo Lins (autor de “Cidade de Deus”), o rapper Emicida, o grupo Racionais MC’s, e várias outras pessoas e instituições de peso.

Anúncios

4 comentários sobre “Ponte: o novo canal de segurança pública e direitos humanos

  1. Cris, não tem nada a ver com o post, mas eu queria te mostrar e por isso uso o espaço: vc viu isso?
    http://www.huffingtonpost.co.uk/2014/05/29/world-cup-2014-anti-fifa-graffiti-brazil_n_5408811.html
    Perfeitos!
    Li e logo lembrei do seu blog, aproveitando o gancho da sua galeria de grafites em BH, do seu (ótimo) texto sobre manifestações no início da copa…
    Pena que (ao que eu saiba) nenhum veículo brasileiro mostrou esses grafites, um jornal britânico teve que fazer isso!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s