O maior herói da atualidade

Não preciso falar nada sobre Ed Snowden; acho que qualquer um com um mínimo de informação sobre quem é ele e o que ele fez vai chegar à mesma conclusão que cheguei no título deste post.

E deixemos que ele mesmo fale, para entendermos a grandeza do que está passando agora em sua vida:

A íntegra traduzida para o Português pode (e deve!) ser lida AQUI.

Viva Ed Snowden!  \o/

***

Outros heróis que já passaram por este blog:

Anúncios

4 comentários sobre “O maior herói da atualidade

  1. Apesar do sono absurdo que sinto nesse momento …. Há “neve” até onde nunca antes se imaginara e ainda tentam desmantelar, enfraquecer e criminalizar aquele que conseguiu o inimaginável(Em outras épocas chamaria de impossivel). A guerra não é mais simplesmente fria é Snowden! Viva a liberdade a informaçao! Viva a Snowden

    Curtir

  2. Janio de Freitas tem idade para se lembrar de acontecimentos dos anos 40 e 50. E ele sabe como embarcar na máquina do tempo para explicar fatos recentes, como este aí. Em artigo na Folha de S. Paulo, ele diz:

    “Einstein, Oppenheimer, que chefiara a criação das bombas, e muitos outros cientistas expressaram a angústia universal em documentos de grandeza extraordinária contra os riscos a que a superarma e a simples vontade do superpoder sujeitavam a humanidade. Muitos cientistas não precisaram identificar-se com a ideologia da União Soviética para ajudá-la a tornar-se também potência nuclear. Era a ideia, que se provou certa, do equilíbrio do terror como a mais alta regra do convívio no mundo.

    Foi um tempo de angústia e coragem.

    Edward Snowden acionou, sem saber, a máquina do tempo. Suas revelações de que o poder americano pode espionar, e espiona, toda a comunicação no planeta relança a parcela mais lúcida do mundo nas percepções dos anos imediatamente sucessivos a 1945.”

    Interessante também a conclusão do velho jornalista:

    “A revelação de que as comunicações brasileiras por internet e telefones foram das mais espionadas pelos Estados Unidos corresponde a três prováveis objetivos americanos. A chamada tríplice fronteira, em Foz do Iguaçu, é vista pela segurança americana como área usada pelo terrorismo, mas também São Paulo, por exemplo, está na mira; e informações sobre o pré-sal e sobre projeto nuclear são de interesse geral. Quanto à quantidade de interceptações, somos uma população imensa, como os também muito espionados Índia e Rússia.

    Nem por tudo isso precisamos mergulhar no ridículo, como tantos já se apressam em fazer. O Brasil não se preparou, o Brasil está atrasado 20 anos, o governo devia gastar X e só gastou um décimo na defesa cibernética, e por aí vai o patético. Mesmo que o orçamento da tal defesa fosse farto e todo aplicado, tudo o que aqui se fizesse seria com equipamento estrangeiro, portanto de infidelidade assegurada. E usaria redes estrangeiras: americanas, as mesmas já identificadas como auxiliares da espionagem americana.

    Poupemos o país de gaiatices, que já são muitas.”

    Leitores da Folha podem ler a íntegra aqui:
    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/119191-na-maquina-do-tempo.shtml
    O artigo foi reproduzido por alguns blogs, como este: http://fontelegitima.blogspot.com.br/2013/07/janio-de-freitas-na-maquina-do-tempo.html

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s