Ir para conteúdo
Anúncios

Blogueira há 10 anos

Cantinho onde bloguei por muito tempo, em São Paulo.
Cantinho onde bloguei por muito tempo, em São Paulo.

Foi exatamente no dia 19 de março de 2003, há dez anos, portanto, que eu e uma amiga começamos a confabular sobre a criação de um blog — grande novidade, na época — , em protesto contra a invasão norte-americana no Iraque. Os primeiros mísseis pipocaram naquele país na noite do dia 19 e nossos primeiros posts pipocaram na internet no raiar do dia 20:

Uma música do Pink Floyd que até hoje acho a mais bonita (“On The Turning Away“), o poema “A Bomba“, do Drummond (Dru-dru), o teste “Qual revolucionário você seria?” (deu Lênin), uma lista com todos os países bombardeados pelos Estados Unidos desde a Segunda Guerra, 53 perguntas e respostas sobre o Iraque, uma foto, um mapa, uma carta do arcebispo de Boston criticando George W. Bush — e assim foi indo.

Posso dizer que criei meu primeiro blog quando a blogosfera ainda usava fraldas e os poucos blogueiros preferiam falar de suas vidas, como em um diário, enquanto eu e minha amiga seguimos um rumo ainda incipiente, ao tratarmos de política — de forma bem-intencionada, mas amadora e nada jornalística, ao menos no começo.

Começamos, aos 17 anos de idade, como um blog pacifista, contra a guerra contemporânea que se iniciava diante dos nossos narizes (e até hoje não terminou completamente, virando uma pedra no sapato do Barack Obama). Depois o blog continuou sendo tocado por mim e meu pai, com posts mais voltados à política mineira e brasileira, embora também a temas mais amplos, como os ambientais.

Encerrei as portas daquela primeira experiência blogueira quando ela completou 100 mil visitantes, cinco anos e meio depois de entrar no ar.

Naquela época, eu já estava na “Folha de S.Paulo”, e colaborava para o blog da editoria de Treinamento, o Novo em Folha, que comecei a realmente tocar a partir do começo de 2009. Ali aprendi muito com estudantes de jornalismo e fiz minha parte para compartilhar informações com o pessoal mais entusiasmado pela profissão. Nele fiquei até minha saída do jornal, em setembro do ano passado.

Antes disso, no Natal de 2010, criei este espaço, um verdadeiro hobby, com crônicas, poemas, fotografias, receitas, resenhas de filmes e comentários sobre o noticiário, além de também contar com os ótimos artigos do meu pai (98, até hoje). Continua no ar até hoje, enquanto ainda há energia.

Em julho de 2008, nasceu minha primeira sobrinha, a Laurinha, que rendeu um outro blog, só para agrupar as pérolas sapientíssimas, engraçadas e superlógicas da menina, hoje com quase 5 anos de idade.

Em resumo, ao longo desta década, criei ou contribuí de alguma forma para quatro blogs totalmente diferentes entre si. Mas nunca deixei de ter um blog onde pudesse escrever, às vezes mais de um ao mesmo tempo.

Hoje tenho orgulho de poder me definir, além de jornalista, como “blogueira”. Acho que já domino bem essa linguagem dos blogs, que hoje já estão ficando velhinhos, diante do dinamismo curto das redes sociais que surgiram depois, notadamente o microblog Twitter. Aprendi a interagir com os leitores, fiquei amiga de alguns deles e torço para que esta ferramenta não seja engolida pelas mudanças tecnológicas do mundo, como já está acontecendo com os emails. Afinal, faço parte dela — e ela faz parte da minha vida.

Anúncios

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

12 comentários em “Blogueira há 10 anos Deixe um comentário

  1. Legal sua história. Parabéns!!! E que bom que vc continua firme e forte com o blog da kikacastro (que já ultrapassou em muito o tamoscomraiva, comprovando a força das redes sociais na divulgação) e o blog da Laurinha (que bom que vc teve a ideia de reunir as pérolas dela, pra lembrarmos e nos divertimos pra sempre com elas). Sucesso!!!

    Curtir

  2. Fico feliz, porque acho que faço parte de cerca de 99% desses dez anos, ainda que haja “causos” relacionados a esse blog que não possam ser mencionados aqui (quer apostar que há gente lendo este comentário achando que esses “causos” são proibidos para menores? — não são). Meu “aniversário” como blogueiro é em 17 de dezembro, se não me engano. Serão doze anos em 2013, com pelo menos uns dez blogs diferentes, muitos deles concomitantes.

    Curtir

  3. E eu te acompanho desde 2004, se não me engano, quando também entrei para este mundo dos blogs – o “Tamos com raiva” foi um dos primeiros blogs que caíram no meu gosto tão logo cheguei por lá.

    Parabéns, Cris! E eu também torço para que os blogs não sejam engolidos por outras ferramentas (como as redes sociais) e que o kikacastro continue conosco por longos anos! 🙂

    Curtir

  4. Nossa! Tava lembrando do Tamos com Raiva estes dias, e aí fui reler uma reportagem na folha (sobre a ocupação do DCE da USP) e vi seu nome, fui pesquisar para saber onde você estava (lembro que morou um tempo na minha terra da garoa), e acho justamente esse post, com um quê de saudosismo! Hahahah. Mundo curioso!

    Gostava MUITO do Tamos com Raiva! 🙂

    Curtir

    • Muito legal receber sua visita! E vejo agora que seu blog continua firme e forte também, hein! Desde março de 2003, completando os mesmos dez anos que meu Tamos com Raiva completaria 🙂 Apareça por aqui também, acho que vai gostar de alguns posts. Agora meso vou pôr um do meu pai 🙂
      bjos

      Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: