Morre o jornalista Paulo Nogueira

Texto escrito por José de Souza Castro:

“Do not ask for whom the bell tolls, it tolls for thee”. Esta frase do poeta inglês John Donne, falecido em 1631, ficou célebre ao inspirar o título do romance “Por quem os sinos dobram”, de Ernest Hemingway, jornalista que cobriu a Guerra Civil Espanhola e a II Guerra Mundial. “Eles dobram por ti”. Poucas vezes senti-os tão de perto quanto ao ler na manhã de hoje no Diário do Centro do Mundo a notícia da morte por câncer, aos 61 anos, do jornalista Paulo Nogueira.

Não o conheci pessoalmente, mas pude acompanhar sua vitoriosa carreira na editora Abril e na Editora Globo. Sobretudo, pelo que ele escrevia no DCM, fundado por ele e por Kiko Nogueira em 2012, quando Paulo vivia em Londres e o irmão em São Paulo.

Segundo Kiko, Paulo deixou sua marca em cada uma das funções em que exercia no jornalismo. “A vibração, a provocação, o apuro, a busca da excelência. Antecipou tendências, fez acontecer”, descreve o irmão. “Nunca foi santo. Era duro. Era também de uma paciência infinita. Fez companheiros para a vida toda nas redações e revelou vários talentos. Fez inimigos, também, como todo grande homem. ‘Sempre que você se desentender com alguém, lembre que em pouco tempo você e o outro estarão desaparecidos’, dizia, repetindo Marco Aurélio, o imperador romano, seu filósofo de cabeceira ”, revela Kiko.

Morto, Paulo Nogueira será mais lembrado pelos amigos do que pelos inimigos. Os primeiros sabem, de fato, por quem os sinos dobram. Amigos que compartilharam com ele a utopia de um Brasil mais justo.

No Diário do Centro do Mundo, não são poucos. Em menos de cinco anos, o número de acessos diários ao site subiu de 20 mil para 500 mil.

O corpo do jornalista será enterrado na tarde desta sexta-feira no Cemitério Gethsêmani do Morumbi. O velório é ali, na Praça da Ressurreição.

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

Anote aí: Palestras com grandes nomes da filosofia no Brasil

Hoje quero divulgar um evento muito legal, recomendado pelo leitor Douglas Garcia: o ciclo de conferências “Mutações”, que reunirá grandes nomes de pensadores contemporâneos brasileiros, como Vladimir Safatle, Eugênio Bucci, José Miguel Wisnik, Maria Rita Kehl, Jorge Coli e Marcelo Coelho, e é aberto ao público.

Desta vez, o tema do ciclo será “O Novo Espírito Utópico”, e o evento vai acontecer em Belo Horizonte e São Paulo. Abaixo, a programação em BH:

mutacoes

Ficou interessado?

Pois bem, as inscrições começam amanhã! A inscrição para todo o ciclo, contendo 13 conferências, é de R$ 30,00 a inteira e R$ 15,00 meia-entrada. As conferências avulsas custam R$ 10,00 a inteira e R$ 5,00 meia-entrada. As inscrições podem ser feitas pelo site www.mutacoes.com.br.

Todas as palestras, com exceção da primeira, vão acontecer às segundas e terças-feiras, às 19h, no auditório do BDMG.

Mais informações pelo telefone da APPA (Associação Pró-Cultura e Promoção das Artes), 31-3224.1919, do BDMG Cultural (31-3219-8486) ou no site www.bdmgcultural.mg.gov.br.

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Tem livro novo na Biblioteca do Blog!

ricardo

Que ótimo! A Biblioteca do Blog acaba de receber seu nono exemplar — o oitavo para download gratuito. Desta vez, tivemos a honra de sermos presenteados com um livro do professor, historiador e blogueiro Ricardo de Moura Faria, que é autor de mais de 70 livros didáticos e paradidáticos sobre História e é meu amigo há uns 12 anos 🙂

O livro que ele deixa em nossa biblioteca é o Utopias do Século XX, que também pode ser comprado por quem quiser ter a versão impressa (custa R$ 43,96 no Clube de Autores). Mas, aqui no blog, pode ser consultado e baixado de graça, basta clicar AQUI e escolher o livro.

E de que se trata?

Nas palavras do autor, o livro “tem o objetivo de realizar um inventário histórico e crítico das principais revoluções socialistas que ocorreram no século XX.

A instituição — ou não — do socialismo na URSS, na China e em Cuba é o pano de fundo para a discussão sobre as utopias políticas que foram geradas no decorrer do século passado.

O livro não aborda o momento das revoluções em um recorte desvinculado de conteúdo; antes, fundamenta e refaz os processos revolucionários de sua origem aos dias atuais.

Um livro fundamental para aqueles que desejam compreender os momentos em que boa parte da humanidade se viu dividida e amedrontada.”

Um trechinho da introdução do livro também ajuda a mostrar a que ele vem:

Devemos entender que as utopias igualitárias perderam seu lugar com a “vitória” do mundo capitalista? Ou, pelo contrário, que hoje, mais do que nunca, elas são necessárias? Afinal, será possível sonhar com uma sociedade na qual haverá justiça social, igualdade, liberdade, o fim da exploração do homem pelo homem, enfim, uma sociedade 18 em que os homens possam ser felizes, dispondo de tudo aquilo que a tecnologia é capaz de produzir e podendo dedicar parte de seu tempo à cultura, às outras pessoas… ou será que não temos sequer o direito de sonhar?”

Enfim, este livro vai enriquecer muito nossa biblioteca! Fica como sugestão de leitura a todos que se interessem minimamente pela história do mundo e as ideologias e utopias dos séculos 19 e 20, que ajudaram a formatar a sociedade em que hoje vivemos.

Você também escreveu algum livro e quer disponibilizá-lo para download gratuito? Envie para o email do blog e eu terei o maior prazer em colocá-lo em nossa biblioteca 😉


 

CLIQUE AQUI e navegue pela Biblioteca do Blog, que tem oito livros para download gratuito, sobre diversos assuntos.

Acervo da Biblioteca:

  1. Guia Turístico de Belo Horizonte com 90 Dicas de Passeio
  2. A Saga do Galo na Libertadores — poesia ilustrada
  3. Sucursal das Incertezas — a história vista por um jornalista dos tempos do telex ponta a ponta
  4. Injustiçados — O Caso Portilho
  5. Sagaetê (infantojuvenil)
  6. Uma eterna aprendiz no PT (autobiografia de Sandra Starling)
  7. Utopias do Século XX
  8. Criacionismo – um (longo) diálogo sobre ciência e religião

Leia também:

Continuar lendo