‘Drive my Car’: pouca história para muito tempo

Kafuku, seu velho carro, e a motorista Watari.

Não vale ir ao cinema para ver: DRIVE MY CAR (Doraibu mai kâ) Nota 4     Eu só me pergunto por quê, meu-deus-do-céu, por que os filmes andam tão longos. Dos dez filmes com mais indicações nos Oscars deste ano, somente dois (coincidência ou não, os melhores até agora) têm menos de 2 horas… Continuar lendo ‘Drive my Car’: pouca história para muito tempo

Avalie isto:

Bolão do Oscar 2020: acertei 11 de 17 categorias (65% de aproveitamento!)

O Oscar de 2020 foi, na minha opinião, um dos mais imprevisíveis da história. Não é à toa que “Parasita“, escolhido como melhor filme do ano, conquistou um feito inédito até então: foi a primeira produção de língua não inglesa a ficar com o prêmio mais importante do Oscar. Ele era favorito aos prêmios de… Continuar lendo Bolão do Oscar 2020: acertei 11 de 17 categorias (65% de aproveitamento!)

Avalie isto:

‘Parasita’: uma tensão permanente

Vale a pena assistir: PARASITA (Gisaengchung) Nota 9 Quando os “parasitas” da história dão início a seu plano, a gente já começa a sofrer de ansiedade. E olha que isso é bem no início do filme. Ficamos as duas horas seguintes pensando: “Vai dar merda”. E este é o maior trunfo do longa do sul-coreano… Continuar lendo ‘Parasita’: uma tensão permanente

Avalie isto: