Bolão do Oscar 2019: acertei 13 de 18 categorias (72% de aproveitamento!)

Como podem ver no mosaico acima, que criei para o post de anteontem, meu filme favorito deste ano foi “Green Book”, um dos três filmes que mereceram minha nota 10. “Roma”, ao qual dei nota 9, achei belíssimo e achei que levaria o prêmio principal da noite, mas fiquei felicíssima que “Green Book” tenha passado na frente neste quesito.

Por isso, no geral, acho que fui bem em minhas apostas. Além de errar esta, errei na melhor fotografia, no melhor figurino e direção de arte (ambos para “Pantera Negra”, filme que ainda não consegui ver) e na melhor animação (isso que dá resolver dar pitaco em uma categoria sem ter visto nenhum dos concorrentes nela). Por outro lado, estou muito feliz que acertei os quatro prêmios de melhores atores e atrizes (inclusive apostando na Olivia Colman) e os dois prêmios de melhores roteiros, além de melhor diretor e uma penca de prêmios técnicos.

Para conferir, os acertos foram:

  1. Melhor ator coadjuvante: Mahershala Ali, de Green Book
  2. Melhor maquiagem: Vice
  3. Melhor edição de som: Bohemian Rhapsody
  4. Melhor mixagem de som: Bohemian Rhapsody
  5. Melhor filme de língua estrangeira: “Roma
  6. Melhor atriz coadjuvante: Regina King, de “Se a rua Beale falasse”.
  7. Melhor edição: Bohemian Rhapsody
  8. Melhor roteiro adaptado: Infiltrado na Klan“!
  9. Melhor roteiro original: Green Book“!
  10. Melhor canção original: “Shallow”, de Nasce uma Estrela.
  11. Melhor diretor: Alfonso Cuarón, de “Roma
  12. Melhor ator: Rami Malek, de Bohemian Rhapsody
  13. Melhor atriz: Olivia Colman, de A Favorita

No geral, achei o Oscar deste ano muito justo. “Nasce Uma Estrela”, por exemplo, não merecia levar nada mais que a melhor canção. Infiltrado e Bohemian, que foram os outros dois filmes que mereceram minha nota 10, foram bem contemplados. “Roma”, que é um filme lindíssimo, levou em categorias importantes, como “melhor filme de língua estrangeira”, “melhor direção” e “melhor fotografia”. “Vice” talvez merecesse ter seus atores premiados, mas o roteiro e a direção não me entusiasmaram nem um pouco, então a “melhor maquiagem” cumpriu o papel de não deixar passar batido. O mesmo com os efeitos especiais para “O Primeiro Homem”. E, como escrevi na resenha, o fato de “A Favorita” ter liderado em indicações não quer dizer absolutamente nada. Levou o prêmio de melhor atriz, como imaginei, e está de bom tamanho.

No mais, achei bom ver o Oscar mais curto e sem apresentador principal. Estão se empenhando para tornar a cerimônia mais palatável para o público em geral, que bom! Que o cinema chegue a mais casas e corações ao redor do planeta.

CLIQUE AQUI para ler todas as resenhas dos filmes do Oscar que vi até agora! Vou continuar assistindo aos outros e atualizando esta lista, combinado?

Leia também:

 

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

Anúncios

Minhas apostas para o Oscar 2017

filmesoscar

Neste ano, consegui assistir a 15 filmes indicados ao Oscar 2017, nas categorias mais importantes da maior premiação do cinema (melhor filme, direção, atuações e roteiros, dentre outras).

Mantendo a tradição do blog, vou fazer minhas apostas para meu bolão do Oscar — que não levam em conta o meu gosto pessoal, traduzido nas notas que dei para cada filme, mas o que considero que a academia vai preferir. Nos dois últimos anos, acertei 11 de 15 categorias (73%), será que neste ano consigo acertar o mesmo tanto? 😀

A safra deste ano está muito boa e foi dificílimo lançar minhas fichinhas. Mas aí estão elas: Continuar lendo

Minhas apostas para o Oscar 2016

oscar2016

Neste ano consegui assistir a 16 filmes indicados ao Oscar. Foram praticamente todos os mais importantes, contemplados pelas principais categorias, como melhor direção, roteiro, atrizes e atores e melhor filme. Ficou faltando “Trumbo”, “Creed”, curtas, documentário e estrangeiros.

Mesmo faltando dois importantes para a avaliação, vou manter mais uma tradição do blog e fazer as apostas do meu bolão do Oscar — que não levam em conta o meu gosto pessoal, traduzido nas notas que dei para cada filme, mas o que considero que a academia vai preferir. No ano passado acertei 11 de 15 categorias (73%), será que neste ano consigo acertar o mesmo tanto? 😀

Vamos lá!

  1. Melhor ator: Leonardo DiCaprio, de “O Regresso“. Esta é a quinta vez que o ator é indicado ao Oscar e, desta vez, acho que ele finalmente deve levar o prêmio. Como será o discurso de Leo? Estou curiosa! 😉
  2. Melhor atriz: Brie Larson, de “O Quarto de Jack“. Ela já levou o Globo de Ouro e o Bafta e acho que deve ficar também com a estatueta do Oscar.
  3. Ator coadjuvante: Sylvester Stallone. Mesmo sem ter visto “Creed“, vou apostar minhas fichinhas nele. Aí vai ser na base da sorte mesmo, como no ano passado, ao apostar em Julianne Moore.
  4. Atriz coadjuvante: Esta foi a mais difícil para mim. Fiquei entre três atrizes: Rooney Mara, que achei que trabalhou até melhor que Cate Blachett em “Carol“, Jennifer Jason Leigh, que foi sensacional em “Os Oito Odiados“, e Alicia Vikander, que foi minha favorita e quase ofuscou o incrível Eddie Redmayne em “A Garota Dinamarquesa“. Quem levou todos os prêmios até agora não foi nenhuma delas, mas Kate Winslet, por seu papel em “Steve Jobs“. Mesmo assim, vou pelo meu gosto: aposto em Alicia.
  5. Melhor fotografia: Vou apostar que a academia premia “O Regresso” nesta categoria. Seria a terceira premiação consecutiva a Emmanuel Lubezki, após Gravidade e Birdman, mas eles gostam mesmo do cara.
  6. Figurino: Mad Max.
  7. Edição: A Grande Aposta. A edição contribuiu muito com o didatismo do roteiro. Vamos ver.
  8. Maquiagem e cabelo: Mad Max.
  9. Trilha sonora original: Os Oito Odiados.
  10. Efeitos visuais: O único que eu não vi nesta categoria foi Star Wars, mas vou arriscar justamente a vitória dele, que parece ser o favorito, com vários prêmios da Visual Effects Society na gaveta. No ano passado a academia já premiou um filme de astronauta (Interestelar); Ex Machina não me impressionou; Mad Max muito menos; e O Regresso já está em outras apostas minhas, e apesar da cena do urso, acho que não deve levar nesta.
  11. Melhor animação:Divertida Mente“. Só vi ele e o brasileiro “O Menino e o Mundo“, mas vou torcer pelo da Disney, que concorre até ao Oscar de melhor roteiro, tão boa é sua história.
  12. Roteiro adaptado: Estou entre A Grande Aposta e O Quarto de Jack, mas vou chutar o primeiro dos dois.
  13. Roteiro original: Vou arriscar com Spotlight, que teve um roteiro muito bem amarrado, que elogiei desde a resenha.
  14. Melhor diretor: Alejandro G. Iñárritu, por “O Regresso“. Já ganhou Bafta, Globo de Ouro e prêmio do sindicato dos diretores, e é o favorito neste ano de novo. A ver.
  15. Melhor filme: Não é meu favorito, como vocês viram na listinha que montei. Mas acho que a academia vai escolher “O Regresso”, que também já levou o Bafta e o Globo de Ouro deste ano.

Não vou arriscar em outras categorias, por não ter assistido à maioria dos filmes nelas.

É isso! Os dados estão lançados! Hoje à noite será a cerimônia de premiação e vou ver quantos acertos terei feito. Concordam com minha avaliação? Como votariam? 😀

CLIQUE AQUI para ler as resenhas dos 16 filmes a que assisti.

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

tarja_licenca

Minhas apostas para o Oscar 2015

oscar2015

 

Neste ano consegui assistir a 15 filmes indicados ao Oscar. Foram praticamente todos os mais importantes, exceto animações, curtas, documentários e estrangeiros. Mas vi os contemplados pelas principais categorias, como melhor direção, roteiro, atrizes e atores e melhor filme.

Será o ano em que terei melhores condições de fazer as apostas para este tradicional bolão. O que não quer dizer nada, porque sempre erro bastante 😉 Mas vamos lá!

  1. Melhor ator: Eddie Redmayne, de “A Teoria de Tudo“. Este foi um ano de grandes atores, mas não tem pra mais ninguém. Eddie já levou o Bafta e o Globo de Ouro e deve ficar com o Oscar também.
  2. Melhor atriz: vou apostar em Juliane Moore, mesmo sem ter visto ainda o filme “Para Sempre Alice”, que ainda está na minha lista. Além de ela ser excepcional sempre e de já ter sido indicada quatro vezes ao Oscar, sem nunca ter levado, seu papel de uma mãe com Alzheimer promete ser muito tocante. Ela também levou o Bafta e o Globo de Ouro por ele. Além disso, não achei as outras atrizes extraordinárias, não.
  3. Ator coadjuvante: J.K. Simmons, de “Whiplash“, disparado. Acho todos muito bons também, especialmente o mestre Robert Duvall, mas Simmons se sobressai e merece levar seu primeiro Oscar.
  4. Atriz coadjuvante: Patricia Arquette, de “Boyhood“, que é outra atriz sensacional (sou fã de “Medium”!). Não vi a atuação de Meryl Streep do ano e sei que ela é hors concours. Mas, dentre as demais, Patricia me parece a melhor.
  5. Melhor diretor: esta é minha grande dúvida. Vou apostar em Alejandro G. Iñárritu, de “Birdman“, embora Richard Linklater seja páreo duríssimo, com seu projeto de 12 anos de “Boyhood“. Nesta vou ter que me arriscar mesmo. Fico com a câmera incrível do mexicano porque a academia costuma dividir os prêmios de melhor direção e melhor filme, e Boyhood será minha aposta de melhor filme.
  6. Melhor fotografia:Grande Hotel Budapeste“. Para mim, este filme é brilhante esteticamente, então é o que mais merece este prêmio. Mas é uma categoria arriscada, porque não vi três dos filmes indicados.
  7. Edição:Whiplash“. Edição muito bem feita, com zilhões de cortes cadenciados com a trilha, além de ser muito bem resolvida em um filme curto. Minha aposta.
  8. Maquiagem e cabelo:Foxcatcher“. Steve Carrell vira outra pessoa completamente diferente e ele é a alma do filme.
  9. Direção de arte:O Grande Hotel Budapeste“. Mas este também foi grande dúvida para mim. “O Jogo da Imitação” e “Interestelar” são páreo duríssimo.
  10. Edição de som:American Sniper“. Ou “Birdman“? Ó dúvida!
  11. Mixagem de som:Whiplash
  12. Efeitos visuais: vou apostar no único que assisti desta categoria: “Interestelar
  13. Roteiro adaptado: Difícil demais! Vários roteiros ótimos! Vou apostar em “O Jogo da Imitação“. Mas “A Teoria de Tudo” está muito no páreo…
  14. Roteiro original: Outro chute, dentre tantos bons. Vou de “Foxcatcher“. O diretor escreveu o roteiro a partir de notícias de jornal recortadas, que recebeu das mãos de um completo estranho 😀
  15. Melhor filme: Minha grande aposta será para “Boyhood“. É o filme que se destaca neste ano, em termos de ousadia, originalidade e de deixar uma marca no cinema. É o que mais merece ganhar, mesmo que seja um ano de tantas notas 9 e 10.

Não vou arriscar em outras categorias, por não ter assistido à maioria dos filmes nelas. Mas, por fora, sem apostas oficiais, registro aqui minha torcida para o ótimo “Relatos Selvagens” como melhor filme estrangeiro, e para “Glory”, como música original de “Selma“.

É isso! Os dados estão lançados! Concordam com minha avaliação? Como votariam? 😀

CLIQUE AQUI para ler as resenhas dos 15 filmes a que assisti.

Leia também:

Minhas apostas para o Oscar 2014

oscar2014

Neste ano consegui assistir a dez dos filmes indicados ao Oscar. Dentre os nove indicados ao prêmio principal, vi oito (ficou faltando “Philomena”). Então vai ser o ano em que terei mais segurança para fazer minhas tradicionais apostas para o Oscar, o tipo de bolão que mais adoro no mundo, apesar de nunca acertar muito 😉

Vou mesclar minha torcida pessoal com o que acho que a academia vai escolher. Vamos lá:

  • Melhor ator: o páreo está duríssimo, o mais duro de todos, mas fico com Matthew McConaughey (não me surpreenderei, no entanto, se escolherem Leonardo DiCaprio ou o Chiwetel Ejiofor, também grandes merecedores)
  • Melhor atriz: Sandra Bullock (como não vi nem Álbum de Família nem Philomena, minha avaliação fica meio prejudicada, mas vou arriscar. ATUALIZAÇÃO EM 2.3, ÀS 20H: acabo de ver a atuação de Meryl Streep e não tem jeito: ela sempre me surpreende e embasbaca. Se colocar o frame dela ao lado do da Sandra, esta fica no chão, de tanto apanhar. No entanto, como a Sandra é a mais nova queridinha da América, ainda pode levar. Vou pôr duas fichinhas na mesa nesta categoria, pode?)
  • Melhor ator coadjuvante: Jared Leto (Barkhad Abi e Jonah Hill também estiveram perfeitos, mas fico com Jared Leto, maravilhoso no papel do trans de Clube de Compras Dallas)
  • Melhor atriz coadjuvante: Lupita Nyong’o (se não for ela, não há justiça neste mundo)
  • Melhor diretor: Alfonso Cuarón (esta foi o maior dos chutes. Acho dificílimo acertar esse prêmio, o mais político de todos. Se for Scorsese, McQueen ou Russell, não me surpreendo)
  • Melhor roteiro original: Ela
  • Melhor roteiro adaptado: O Lobo de Wall Street
  • Trilha sonora: Ela
  • Figurino: Trapaça
  • Melhor edição: Gravidade (de Capitão Phillips também é ótima)
  • Efeitos visuais: Gravidade
  • Fotografia: Nebraska
  • Desenho de produção: 12 anos de escravidão
  • Edição e mixagem de som: Capitão Phillips (ou Gravidade? Oh, dúvida cruel!)
  • Melhor filme: 12 anos de escravidão (acho que é o que vai levar o prêmio, mas não foi meu favorito. Aliás, acho difícil escolher um favorito: dei nota 9 para seis dos nove que concorrem nesta categoria, rs!)

Me abstenho de apostar nas categorias de animação, filme estrangeiro, curtas, documentários, canção original e maquiagem por ter visto pouco ou nenhum filme nessas categorias, prejudicando totalmente o julgamento.

Até domingo ainda devo assistir a “Philomena” e “Álbum de Família”, mas vou manter o bolão incompleto mesmo assim. Enquanto a noite de domingo não chega, depositem suas fichinhas aí nos comentários! Concordam com minha avaliação? Como votariam? 😀

Leia as resenhas dos dez filmes indicados ao Oscar 2014:

Leia também: