Ir para conteúdo

Graduada em turismo e hotelaria vira presidente do Iphan: descaso de Bolsonaro com o patrimônio do país  

Ouro Preto, patrimônio da humanidade. Foto: CMC

 

Texto escrito por Beto Trajano:

 

O governo de Jair Bolsonaro demonstra desde o início que não dá nenhuma importância para a história, o patrimônio e a cultura do Brasil. São diversas atitudes para prejudicar este segmento, boicotando, diminuindo e desvalorizando os órgãos responsáveis pelo setor, bem como todo este universo.

Ora, um presidente que se elegeu com o slogan “Brasil acima de tudo” escamoteia toda a identidade nacional. A mais recente polêmica começou no início desta semana e gira em torno da escolha da presidente do Instituto do Patrimônio Artístico Nacional, o Iphan.

No dia 11 de maio foi publicada a nomeação de Larissa Rodrigues Peixoto Dutra, que tem como credenciais apenas a graduação em turismo e hotelaria em 2008 pelo Unitri (Centro Universitário do Triângulo).

Você também pode se interessar:

Reportagem do jornal “O Globo” mostrou que vários especialistas já repudiaram a escolha, por ela não possuir experiência alguma na área de preservação de patrimônio. Um dia após a nomeação de Larissa, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil e os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal (CAU/UF) fizeram uma carta de repúdio em que destacaram que a nomeação de Larissa vai contra o decreto 9.727/2019, já que ela não é uma especialista técnica na área.

larissa peixoto iphan - divulgação mtur
Larissa Peixoto assume presidência do Iphan – Divulgação/Mtur

Autoridade no setor de patrimônio em Minas, Ângelo Oswaldo, que já foi presidente do Iphan entre 1985 e 1987, é ex-prefeito de Ouro Preto e ex-secretário estadual de Cultura, afirmou que, em seus 83 anos, o órgão nunca sofreu intervenção semelhante, nem mesmo durante o Estado Novo e a ditadura militar:

“Uma pessoa sem vivência no setor dificilmente terá condições de exercer uma missão que é mais de Estado que de governo. O Iphan sempre foi reconhecido internacionalmente como um paradigma no campo do patrimônio, e os problemas que enfrenta desde o ano passado já repercutem negativamente nos fóruns a que ele está ligado”, disse ao “O Globo”.

Uma reportagem da Revista Fórum revela um possível motivo para Larissa ter sido alçada ao cargo: ela é próxima aos Bolsonaro, casada com um policial que fez a segurança do presidente, e seria uma indicação de Léo Índio, primo e melhor amigo de Carlos.

Nesta quarta-feira (13) o Ministério Público Federal deu prazo de cinco dias para o governo federal justificar a nomeação da nova presidente do Iphan e apresentar comprovação de que ela tenha capacidade técnica para ocupar o cargo.

Onde está o Iphan no governo

O Iphan atualmente está sob responsabilidade da Secretaria de Cultura, gerida pela atriz Regina Duarte, que é subordinada ao ministério do Turismo, que tem o comando do deputado mineiro Marcelo Álvaro Antônio, do PSL.

O Ministério do Turismo divulgou que Larissa, além da graduação, tem um curso de extensão em gestão de projetos e é aluna de uma especialização em gestão estratégica de marketing, planejamento e inteligência competitiva.

Disse ela ao assumir o cargo:

“Além das ações inerentes ao Instituto, como preservação e divulgação, nosso desafio será o de estabelecer parcerias que auxiliem na consolidação do patrimônio cultural brasileiro como vetor de desenvolvimento para as cidades, contribuindo especialmente nesse momento de retomada da economia. Nesse sentido, a sinergia com o Turismo se apresenta como uma estratégia promissora para impulsionar os dois segmentos”.

Troca-troca

O desdém com o Iphan pode ser notado em várias ações do governo. No fim do ano passado, o então secretário de cultura Roberto Alvim, aquele que caiu após a produção de um vídeo com referências claras ao nazismo, exonerou Kátia Bogéa, que estava no cargo desde 2016.

Depois disso, o ministro Marcelo Álvaro chegou a nomear a arquiteta Luciana Rocha Feres, que tem perfil técnico, mas ela foi exonerada no dia seguinte. Nota da revista “Época” apontou que Alvim gostaria de emplacar no Iphan Olav Schrader, do movimento monarquista e ligado ao grupo de Olavo de Carvalho. Desde então, durante cinco meses a cadeira da presidência do Iphan estava vaga, e era ocupada interinamente por Robson Antônio de Almeida até a chegada de Larissa.

Santuário de Congonhas, com os 12 profetas de Aleijadinho. Foto: CMC

Questão cara para Minas

Minas Gerais é o Estado que tem um dos maiores patrimônios culturais do país e onde o Iphan sofreu um pesado ataque no governo Bolsonaro. A diretora de longa data e museóloga Célia Corsino foi exonerada no ano passado. Para o lugar dela, a equipe de Bolsonaro escolheu um cinegrafista da Câmara Municipal de Juiz de Fora, na Zona da Mata.

A nomeação repercutiu negativamente no país e mobilizou autoridades da área em todo o Estado, e o cinegrafista acabou não assumindo o cargo.

Reportagem do “Estado de Minas” diz que a Superintendência do Iphan em Minas Gerais será ocupada pela arquiteta, urbanista e especialista no setor Débora do Nascimento França. Mas que diversos cargos no Estado foram distribuídos para pessoas sem experiência.

 


Leia também:

 

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: