O que o encantamento dos bebês pode nos ensinar

Foto: Pixabay

Quando passeio com Luiz de carrinho – coisa que ele adora! – é um encantamento só.

Ele vê um passarinho e aponta o dedo para lá, exclamando em sua língua de bebê:

– Hum!

Vê um cachorro mais adiante, e repete o ritual:

– Ãhn!

O mesmo com as árvores, flores, carros, prédios, e, claro, outras pessoas.

Ele é um explorador. Mesmo quando não está livre, engatinhando ou andando, está observando tudo, com as anteninhas do radar ligadas.

O mundo enche seus olhos, atiça sua curiosidade.

Cada “Hum!” dele é como se dissesse:

– Olha que coisa mais interessante é esse passarinho, mamãe! Ele voa! Ele tem asas! Tem penas coloridas! Tem bico! Mas que coisa maravilhosa que ele é!

(Quando ele aprender a falar, tenho certeza que suas palavrinhas serão exclamativas e admiradas assim)

Às vezes, distraída em meus pensamentos e mergulhada na rotina massacrante em que estamos todos, ando pela rua como se estivesse no automático. Meus olhos não enxergam muito além dos meus próprios passos batendo no chão da calçada.

E sou interrompida a cada “Ãhn!” que o Luiz solta. Saio da absorção direto para a ponta do dedinho dele, que guia meu olhar para alguma nova maravilha, bem ali, à minha frente. Olha só, que pássaro lindo pousado na fiação! Quem diria, tem uma flor colorida nascendo naquele arbusto!

O encantamento do meu filhote me lembra que o mundo é sim, um lugar mágico, cheio de coisas interessantes, curiosas, às vezes maravilhosas. Nós, adultos, é que fechamos nossos olhos para tudo isso, às vezes preocupados demais com algum problema do serviço, ou viciados demais nas telas do smartphone. Ou, simplesmente, cansados demais.

Que o encantamento dos bebês possa nos contagiar e ensinar nossos olhos a mirar para o que realmente importa!

Leia também:

faceblogttblog

Anúncios

2 comentários sobre “O que o encantamento dos bebês pode nos ensinar

  1. Bom dia Kika!!! Realmente este encantamento dos pequenos é algo mágico. Quanto coisa bela, que há muito eu não admirava é que de repente voltou à minha vida, nos passeios com minha pequena Maria Clara. É estranho imaginar que fiquei tantos anos sem aproveitar estes pequenos tesouros. De certa forma, os filhos além de alongar nossa existência, nos trazem novamente a vida, quando nos permitimos aproveita-los!!!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s