O fantasma e o fantasma do Palácio da Alvorada

Texto escrito por José de Souza Castro:

O jornalista Kiko Nogueira escreveu neste domingo artigo que me lembrou um livro meu, escrito para a filha de 12 anos. É possível que ela tenha sido a única leitora do que eu havia escrito durante meu ócio de desempregado. A Cris me disse, na época, que amou o livro. Anos depois, o incluiu na biblioteca deste blog.

O artigo do Kiko tem como título “O diálogo de Temer com o fantasma do Palácio da Alvorada”. Como sabem, Michel Temer morou com a família nesse palácio durante 11 dias, depois “de gastar mais de 20 mil reais numa reforma que envolveu a instalação de uma rede de proteção para o filho numa varanda”.

Ao justificar porque preferiu voltar ao Palácio do Jaburu, disse Temer que sentiu no Alvorada uma coisa estranha lá. “Eu não conseguia dormir, desde a primeira noite. A energia não era boa. A Marcela sentiu a mesma coisa. Só o Michelzinho, que ficava correndo de um lado para outro, gostou. Chegamos a pensar: será que tem fantasma?” Continuar lendo

Anúncios