Ir para conteúdo

Poema para as vítimas da tragédia que fez a Copa acabar (ao menos para mim)

tragedia
As duas vítimas da tragédia: Charlys e Hanna. Toda a minha solidariedade às famílias, de coração.

Charlys saiu mais cedo de casa
— não voltou.
Hanna iria à Fan Fest hoje
Mas a Copa acabou.

Não era moto, era um Uno Vivace
Que levou 15 horas para sair
Charlys ia passar às 15h
Para fazer sua mulher sorrir.

Mas o que caíram foram lágrimas
Porque a pequena de Hanna
Fará 6 anos de idade
Sem o abraço da mama.

Prefeito que diz não ser babá
Diz também que foi acidente
“É normal”, “acontece”, anota lá
Mas é claro que muito se sente.

(Caiu pedaço de viaduto!
Já se viu tal absurdo?)

“Não quero avançar em responsáveis”,
Que ninguém sabe mesmo quem são
Fiscais, engenheiros, a Copa?
A pressa, a corrupção.

O que sei é que Hanna e Charlys
Tinham 24 e 25 anos
E as outras 22 vítimas
Terão toda uma vida de danos.

E uma cidade inteira
Perdeu a fé em seu próprio chão
“Debaixo de viaduto não passo”
Escuto do cabreiro povão.

Para mim, a Copa acabou
Perdi a vontade de torcer
E, se antes a Seleção chorou,
Agora quem chora sou eu e você.

Era verdade mesmo, então:
Brasil não merece evento-celebração
Porque só levou 22 dias
Pra festa virar decepção.

04.07.2014

***

Escrevi o poema acima em homenagem às vítimas da tragédia do viaduto da avenida Pedro I, no dia 3 de julho de 2014, em BH, que é parte das obras de mobilidade da Copa do Mundo. Os links dentro do poema direcionam a reportagens importantes sobre o “acidente” e seus principais responsáveis. Todas as reportagens são do jornal “O Tempo” — que fez, disparado e sem qualquer suspeita da minha parte, a cobertura mais completa da tragédia, sob todos os pontos de vista.

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

2 comentários em “Poema para as vítimas da tragédia que fez a Copa acabar (ao menos para mim) Deixe um comentário

Deixe uma resposta para Cristina Moreno de CastroCancelar Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: