Uma coleção de NOTÍCIAS BOAS para nos animarem em tempos de desesperança

Foto: Pixabay

 

Ontem escrevi que não aguento mais ler o noticiário, seja em qual fonte for, e só encontrar notícias péssimas. Escrevi sobre minha desesperança, nesta sociedade que está se tornando meio “Relatos Selvagens” e meio “Black Mirror” (como bem definiu o filósofo Douglas Garcia, nosso leitor!), e pedi que os leitores me ajudassem a encontrar notícias boas espalhadas por aí.

Não foi tarefa fácil: chegaram apenas seis links!

Compartilho todos eles:

  1. Gente do Bem – grupo Gato Uai cuida dos bichinhos abandonados (Jornal Minas) – Dica da Lina
  2. Grupo gay enfrenta manifestantes anti-gays com música (Guardian) – Dica do Douglas
  3. Campanhas com temática social fazem sucesso e colecionam Leões em Cannes (Folha) – Dica da Lina
  4. Cerveja é mais eficaz contra dores do que paracetamol (UOL) – Dica da Ana Maria
  5. Meninos vão de saias para a escola para protestar contra proibição dos shorts em pleno verão (Guardian) – Dica do Kenji
  6. Homem gasta dinheiro que queimava com cigarro para viajar e reformar a casa (Vix) – Dica do Kenji

Procurei, procurei e procurei também, em todos os sites em que visitei hoje, e só achei duas notícias que pode-se dizer que sejam boas, ambas de política: Temer está prestes a ser denunciado e Aécio vira alvo do NONO inquérito para investigar suspeitas de crimes no STF (mas segue soltinho da silva e sem grandes perspectivas de ir para o camburão). Ah, e o sujeito que é suspeito de estuprar, agredir e encarcerar pelo menos sete mulheres, que estava foragido, foi preso hoje – conta como boa notícia, né?

***

Seguirei determinada a colecionar notícias boas, estas raridades preciosas, em meio a todas as tragédias, catástrofes, crimes, absurdos, desastres e hecatombes que povoam o noticiário todos os dias, o dia todo. Sempre que eu encontrar uma notícia realmente bacana (e me lembrar, claro), vou colocá-la aqui nesta coleção. E vocês podem continuar me enviando seus links, aqui nos comentários, pelo e-mail, no Face ou Twitter, combinado? Só assim pra gente seguir respirando, inclusive para continuarmos capazes de seguir escrevendo sobre os males que infernizam este país.

Em tempo: o leitor Gustavo de Oliveira, que também anda desesperançado, não enviou um link para notícia boa, mas para algo que também serve de colírio aos nossos olhos cansados: o trabalho do fotografo Ernest Sébastien. E olha que ele também trata de uma sociedade desmoronando… CLIQUE AQUI para ver 😉

Foto de Ernest Sébastien


Atualização da coleção, a partir das 21h30 de 23/6/2017:

7. Deficiente visual, filha de Roger ganha surpresa e sente gol do pai: “Eu consegui” (Globo Esporte) – Dica do Candinho

 

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

7 comentários sobre “Uma coleção de NOTÍCIAS BOAS para nos animarem em tempos de desesperança

  1. Cris, essa foto do Sébastien num cemitério de automóveis indica o que vai sobrar do que conhecemos hoje. De um mundo que não guardará vestígios de nossa presença na Terra, quando os homens e suas loucuras acabarem finalmente com todos nós. Com muita sorte, nós e nossos filhos e netos e bisnetos já estaremos mortos quando a hecatombe que se prenuncia ocorrer. Aí um prenúncio (boa notícia?) do que pode acontecer quando o último ser humano desaparecer:

    . “Em um mês, a água de arrefecimento em centrais nucleares iria evaporar, o que poderia causar desastres do nível de Chernobyl, matando milhões de animais. O planeta, no entanto, iria se recuperar rapidamente da contaminação radioativa.

    • Em um ano, satélites começariam a cair.

    • Em 25 anos, a vegetação cobriria o planeta, enquanto algumas cidades, como Dubai e Las Vegas, estariam debaixo da areia. A vida selvagem se tornaria presente em quase toda a superfície, e o ar seria muito mais limpo.

    • Em 300 anos, edifícios, pontes e torres metálicas começariam a quebrar devido à corrosão. Construções em concreto iriam se dilatar.

    • Em 10 mil anos, uma das últimas evidências da nossa existência seriam coisas construídas com pedras: pirâmides, a Grande Muralha da China, o Monte Rushmore, entre outros.

    • Em 50 milhões de anos, garrafas plásticas e pedaços de vidro seriam os únicos traços da nossa civilização, mas iriam desaparecer após outros 50 milhões de anos.

    • Em 300 milhões de anos, seria provável o surgimento de uma nova espécie racional.”

    E tudo recomeçaria. Como alguém disse muito antes de mim, Isso também passa… Enquanto se espera, não devemos perder o otimismo. Dizem que milagres existem.

    Sobre o que aconteceria com a terra sem humanos, não é invenção minha. Li aqui: http://gizmodo.uol.com.br/video-terra-sem-humanos/

    Curtir

  2. Cris, a melhor notícia que vi hoje foi a fala do fisico Stephen Hawking, dizendo que daqui a 13 anos (2030), essa m***** toda vai acabar e só são sobrar os poucos que tiverem conseguido ir morar na Lua ou em Marte. Bem… eu já estarei com meus 80 anos… Beijos Ricardo

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s