Um dia que não pode ser esquecido: 10 de fevereiro

Imagem tirada do site www.aviacaocomercial.net

Imagem tirada do site http://www.aviacaocomercial.net

Texto escrito por José de Souza Castro:

No dia 10 de fevereiro de 1965, o golpe militar, em conluio com o Judiciário, perpetrou a maior violência contra um grupo de empresas e de empresários brasileiros. Nesse dia, enterrou-se a maior companhia aérea – a Panair – que o Brasil já teve em todos os tempos, lembra em artigo o advogado Aroldo Camillo Joaquim Filho.

O texto pode ser lido AQUI. Resumo:

“Uma atitude de perseguição política com a colaboração do Judiciário que afetou literalmente da noite para o dia a vida das 5.000 famílias de seus funcionários além de gerar uma indignação pública. Um roubo realizado com a ajuda reconhecida em mea culpa pelo próprio Judiciário. Roubou-se a companhia, seus proprietários, funcionários, o Brasil por assim dizer, mas não o nome – PANAIR – e nem o dito ‘Padrão Panair’ que afirmam por aí nunca mais ter sido atingido por companhia alguma ao redor do planeta. Aliás, até hoje seus funcionários se reúnem regularmente e, solidários, acompanharam e combateram mesmo a arbitrariedade praticada. Lhes roubaram o sonho.” Continuar lendo

Anúncios