O fim do mundo e a menina de 14 anos

Desconheço autor da foto.

Já contei duas vezes aqui histórias que ouvi de taxistas falantes.

Muito boas.

Hoje ouvi mais uma, bem triste.

Disse ele:

— Outro dia estava com uma passageira que me mostrou a foto da filha dela. Tinha 14 anos de idade. Ela estava triste, disse que sem dormir há vários dias, porque não via a filha há semanas. A menina estava viciada em drogas desde os 9. Ela falou que tinha outros três rapazes, mas nenhum deles nunca tinha se envolvido com drogas. Perguntei: “E como deixou acontecer isso com a caçula?” E ela: “Não sei, minha filha vivia nas ruas brincando, quando me dei conta, ela já tinha sumido. Ficou mais de um ano sem aparecer, usando drogas. Depois reapareceu, mas aí sumia de novo de tempos em tempos.” Ela não sabia mais o que fazer com a criança. Com 14 anos, vê se pode!

Lembrei da “gangue das meninas“. Suspirei.

O mundo está prestes a acabar mesmo.

***

(Aliás, hoje caiu uma pauta no meu colo justamente sobre o fim do mundo. Em breve será publicada, então continuem lendo os jornais ;))

Anúncios