6 anos de blog em 10 estatísticas

blog6anos

Quando o Luiz nasceu, achei que este blog poderia acabar de vez. Afinal, tornou-se muuuuuito difícil manter este hobby, continuar no sufoco do jornalismo e ainda ser a melhor mãe do mundo para meu bebê — tarefa que, principalmente, toma um tempo danado.

Mas, eeeêêê!, não acabou! Diminuí a quantidade de postagens, principalmente nos primeiros meses de vida do Luiz, reinventei minha rotina, e, ufa, consegui conciliar tudo. Claro que não no ritmo insano de antes, mas ainda assim com postagens frequentes e bastante dedicação. E, assim, o blog chegou aos seis aninhos de vida. É como se estivesse saindo do maternal e amadurecendo de vez.

Como em todos os Natais, desde sua criação, em 2010, este espaço celebra o aniversário do jeito que acho mais divertido: com estatísticas! 😀

Veja as principais: Continuar lendo

Anúncios

Dez anos de jornalismo (com nova mudança de emprego)

trekking-245311_960_720

São mais de 13 anos como blogueira, mas 10 como jornalista mesmo. Um mochilão que só cresce!

Foi em agosto de 2006, há exatamente dez anos portanto, que comecei meu estágio da rádio UFMG Educativa, dando a largada para minha carreira como jornalista. Lá aprendi um monte de coisas com a Tacy Arce e a Grazi Mendes, amigas até hoje.

Desde então, completei a graduação, tirei o diploma de Comunicação Social pela UFMG em julho de 2007, entrei no programa de trainees da “Folha de S.Paulo” em março de 2008, fiz um monte de coisas naquele jornal — até um livro! — até setembro de 2012, voltei a Beagá, passei rapidamente pelo G1, e, nos últimos três anos e meio, estive no jornal “O Tempo”.

Nessa caminhada, continuei aprendendo mais um bocado — assim como há dez anos — e fiz uma das coisas que mais gosto no universo: repassei adiante o que eu tinha aprendido (já falei que um dia quero ser professora, né?).

Agora, com 10 anos de profissão nas costas (um verdadeiro mochilão, que encheu rápido demais!), comecei um novo desafio: virei editora da revista “Canguru“, cujo projeto me encantou desde o primeiro momento em que vi. Além de assumir uma função diferente das que já experimentei, vou tratar de temas nos quais estou mergulhada até o talo: a maternidade e a criação de filhos.

Eu não podia deixar de dividir isso aqui no blog, como fiz quando tomei a decisão de pedir demissão da “Folha” e sair de São Paulo. Já até atualizei a seção “Quem somos nós?“.

Que venham mais dez anos de jornalismo — e mais dez, e mais dez, e mais dez…! 😀

Leia também:

faceblogttblog
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!