Paul McCartney mergulha no blues

Paul, Johnny Depp, o diretor Vincent Haycock e os bluesmen que participam da barbearia de blues :) Foto: divulgação

Paul, Johnny Depp, o diretor Vincent Haycock e os bluesmen que participam da barbearia de blues 🙂 Foto: divulgação

Foi há cinco dias que Paul McCartney publicou em sua página oficial do YouTube o vídeo abaixo, mas só hoje fui tomar conhecimento. OK, tou perdoada por ter estado desconectada nos últimos dias. Mas, se você ainda não viu, se é fã do beatle e se é fã de blues, faça um favor a si mesmo e não perca mais tempo:

Vou explicar melhor. Isso que você vê acima é Paul tocando ao lado de diversos bluesmen (Al Williams, Misha Lindes, Roy Gaines, Henree Harris, Dale Atkins, Lil Poochie, Motown Maurice) — e do também músico Johnny Depp — em uma jam session de quase meia hora, só com músicas da melhor qualidade. É praticamente uma barbearia de blues!

A jam rolou durante o dia de gravação do videoclipe da música “Early Days”, que é parte do disco “New“, lançado em outubro de 2013. E que, por sinal, é LINDA. Assista/escute abaixo:

A letra, por si só, é de arrepiar. Pode ser lida AQUI. Abaixo, um trecho:

“They can’t take it from me, if they tried
I live through does early days
So many times I had to change the pain to laughter
Just to keep from getting crazy”

Essa jam de blues fará parte de uma edição de colecionador do álbum “New”, que terá um filme contando como foi a produção desse 16º disco de Paul, a ser lançada ainda neste ano. Saiba mais AQUI, no site oficial do nosso ídolo 😉

Leia também:

Anúncios

A volta da Barbearia de Blues

Depois de cinco anos interrompida, Barbearia de Blues volta a funcionar em Beagá 🙂

Já falei aqui sobre as barbearias de blues, que frequentei em 2007 e me inspiraram a criar um programa de rádio na época. Aconteciam todos os sábados, a partir das 17h, e ali fiz alguns dos meus grandes amigos de hoje.

Quando me mudei para São Paulo, coincidiu de todos os frequentadores mais assíduos da barbearia também começarem projetos pessoais que tomavam todo o tempo e, além do mais, de o bar onde nos encontrávamos ter fechado as portas. Assim, a barbearia ficou interrompida por quase cinco anos.

Com muita alegria, recebi o convite para a reinauguração da ideia, neste sábado, 27 de outubro. E lá fui eu, às 17h. Contei vinte pessoas alegrando a oficina de luthieria do Henrique, dois com violão e guitarra, uns quatro munidos de gaitas e pelo menos um vozeirão maravilhoso de uma Etta James mineira.

Foi, como sempre, excelente. Alguns tocando na jam, todos ouvindo e sugerindo músicas, amizades novas se formando, gente arriscando gaitear pela primeira vez e muito papo furado depois até umas 22h.

Nunca tivemos uma boa estrutura para as barbearias, mas, pela primeira vez, temos um lugar ótimo, com direito a ar condicionado (BH está parecendo um forno), geladeira, sofazinho e banquetas e um quintal ao ar livre. Virou um espaço agradável pra todo mundo, inclusive pros papais que tiveram que levar seus bebês.

Não perdi a oportunidade e defini com o pessoal que, agora, retomaremos a barbearia todo último sábado de cada mês, sempre ali, sempre às 17h. E o bom é que ela é de graça, aberta para qualquer um que goste de boa música e mais aberta ainda para os que sabem tocar ou querem aprender melhor algum instrumento musical. Não é nenhum compromisso obrigatório e haverá os dias com cinco pessoas e os outros com 35, como era antes. Mas o importante é que estará ali, à disposição de quem quiser aparecer.

De qualquer forma, vale entrar na página do Facebook e acompanhá-la, porque qualquer imprevisto ou mudança de data será informada por ela: https://www.facebook.com/BarbeariaDeBlues.

Apareçam! 😀

Download de 64 programas com raridades do blues

Finalmente encontrei uma forma de divulgar todos os programas da Barbearia de Blues*, de que já falei três vezes aqui no blog (uma, duas, três).

Pois bem, agora todos os 64 programas que produzi em 2007/2008 estão armazenados no 4Shared e devidamente publicados aqui no blog, na página “Barbearias de blues“, criada nesta semana.

Além dos programas, há uma lista descrevendo todas as músicas em cada um deles — como a raridade “Blues Oh Blues”, de Ma Rainey (acima) — para quem quiser baixar só alguns.

Espero que gostem 😀

 

* Agradeço ao leitor Anthony Lessa, que me incentivou a fazer upload de todos os programas, passado tanto tempo, depois que o mypodcast.com fechou as portas. Ele disse que os programas foram “pontapé inicial” para ele mergulhar no blues e que o programa “é bom demais pra não ter na internet” 😀 \o/

Últimos dias para baixar as barbearias de blues!

O banner que eu fiz, de forma meio amadora 🙂

Já expliquei, em dois posts, a história da Barbearia de Blues (a dos EUA, a de Beagá e a da rádio, criada por mim).

Pois bem, esta última, da rádio, foi colocada durante bastante tempo no My Podcast, onde ficou disponível para download grátis por qualquer um.

Até que recebi um email do My Podcast dizendo que eles vão fechar as portas no dia 1º de dezembro.

Ou seja, o podcast vai acabar 😦

Até que eu tenha paciência de colocar tudo de novo em outro site de podcast, sugiro que quem gosta de blues entre lá e baixe todos os programas ainda disponíveis. São muitos, e faltam só três semanas para sumirem!

E ainda faltou eu colocar alguns do fim, mas posso enviar por email a quem se interessar.

Enfim, adeus Barbearia! ;(

ww.barbeariadeblues.mypodcast.com

10º Festival de Gaita no Sesc Pompéia

Eu com o nasenflöte (flauta de nariz) no 8º Festival de Gaita do Sesc 🙂

Fui nos três anteriores e só digo uma coisa: se puder, VÁ!

É bom demais 🙂

Hoje vai ter roda de gaita com o Benê Jr., o grupo Harmônicos, show do chileno Gonzalo Araya e do americano Andy Just.

Ontem também teve shows e amanhã também terá shows, open jams e workshops de gaita.

Vejam a programação completa AQUI.

E, como conheci o incrível mundo da gaita por meio do blues, e como hoje, se minha garganta deixar, devo encontrar o pai da Barbearia de Blues, fiquem com um episódio novo do meu podcast 😀

T-Bone Walker + Jimi Hendrix, pra baixar à vontade!