Debate eleitoral só serve para desiludir o eleitor

debate2608

Ontem assisti ao debate eleitoral até o penúltimo bloco, quando desliguei a TV, irritada com mais uma mentira, desta vez sobre liberdade de imprensa. As mentiras são contadas de forma tão deslavada que, se a pessoa não é atenta ao noticiário, cai como um patinho. Ou se a pessoa é fanática por algum partido (ou seja, cega e burra).

Desse jeito fica difícil levantar a bandeira para qualquer candidato. O que posso fazer, por enquanto, é levantar a bandeira contra candidatos, vários deles.

Também foi o excesso de mentiras deslavadas que desiludiram meu pai, coautor deste blog. Ele me enviou o desabafo abaixo e eu o “roubei” para a reflexão dos leitores do nosso blog:

“Vi todo o debate da Band, num ataque de loucura cívica. E nunca ouvi tanta mentira em três horas.

Aécio teve o descaramento de dizer que as professoras do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha recebem 14º salário e que a violência em Minas, durante seu governo, diminuiu muito. Parece que não leu a reportagem da “Folha” sobre o programa Poupança Jovem em Minas — e nenhum outro candidato, pois esta sua mentira também passou batida.

Teve candidato prometendo vender a Petrobras e todas as outras estatais e candidato dizendo que no dia primeiro de janeiro, logo depois da sua posse, extinguirá o Imposto de Renda pago por todo trabalhador que ganha até R$ 5.000 por mês (ele acha que a eleição é para escolher o próximo ditador), e isso também passou batido.

Se eu tivesse que votar, votaria na Luciana Genro. Um voto de protesto, só porque é a mais inteligente entre os candidatos, embora uma sonhadora de sonhos como a possibilidade política de combater o sistema financeiro e as 500 famílias que de fato mandam no Brasil aliadas ao grande capital estrangeiro.

Saí do programa desiludido com o futuro do Brasil e cada vez menos disposto a perder meu tempo escrevendo. Prefiro gastá-lo lendo.”

Só discordo quando ele diz que escrever é perda de tempo. Acho que nossas linhas ainda chegam aos olhos e ouvidos das cabeças pensantes da web, aquelas que não têm opinião pré-formada sobre tudo. E essa troca de ideias é útil, nem que seja para unir os desiludidos e desalentados deste Brasilzão.

Leia também:

Anúncios