Deixe nevar na sua casa — e feliz Natal!

Quero desejar aos leitores deste blog um excelente Natal, com muita música, muita fartura, presentes legais e a companhia das pessoas mais especiais, pra colocar a conversa em dia, rir até a barriga doer, brindar e relembrar coisas boas do ano que passou 😀

E você é daqueles que sempre quis ver como seria uma neve caindo, em pleno Natal, na porta de casa? Como naqueles filmes que adoramos assistir e nas cenas dos livros que imaginamos?

Eu sei que o verão já deu as caras e o máximo que conseguimos ver é bastante chuva, mas a internet já nos ajudou um pouquinho a realizar essa fantasia. Clique AQUI e digite seu endereço, como você digitaria no Google Maps (rua Tal, número X, Cidade Tal, Estado). Depois clique em “Go!” e aprecie a paisagem 😉

Depois de adorar ver minha casinha sob flocos de neve, fiz o exemplo abaixo, com um dos cartões postais de Beagá, a Lagoa da Pampulha:

neve_natalAcabei empolgando e fiz também uma da praia de Copacabana:

neve_rioE da Avenida Paulista:

neve_spMas é mais legal ver a neve caindo suavemente. Estático assim é só para dar um gostinho 😀

Enfim, let it snow! Feliz Natal, moçada!

***

Leia também:

Anúncios

5 comentários sobre “Deixe nevar na sua casa — e feliz Natal!

  1. Cris, essa ideia de ter neve caindo aqui em casa não me atrai nem um pouco. Se onde moramos tem alguma vantagem sobre aqueles países abençoados pela neves é exatamente a falta de neve. É o clima quente, tropical, onde em se plantando tudo dá.

    Mas tem coisas das quais me invejo em países frios como a Dinamarca. Foi com o coração gelado de inveja que li há pouco artigo de Paulo Nogueira no blog Diário do Centro do Mundo, em que fala de uma prisão que visitou na Dinamarca. Começa assim:

    “Está no site do PSDB de São Paulo: “Mensaleiros presos na Papuda perdem regalias”.
    É a reprodução, bovina e automática, de um texto do Estadão.”
    Bem, quais as regalias?
    A resposta mostra, ao mesmo tempo, a estupidez do Estadão e o desapreço que existe no Brasil pelo hábito da leitura.
    A grande regalia subtraída é, acredite, poder ler. Segundo o Estadão, os presos do PT agora só poderão ler duas horas por dia, e na biblioteca.
    Isso quer dizer que os presos na Papuda – não estou falando de Dirceu e Delúbio – estão submetidos a um regime no qual lhes é proibido ler além de duas horas, e não na cela.
    Não se incentiva a leitura. Ela é cerceada como uma coisa má.
    Que idiota estabeleceu aquela regra? E por que os editores do Estadão – e todos os demais que replicaram a perda das “regalias” – não denunciaram esta violência do Estado?”

    Íntegra aqui: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-horror-que-e-proibir-que-se-leia-livro-por-mais-de-duas-horas-na-papuda/

    Curtir

    • Absurdo mesmo desincentivarem a leitura assim. Daria um post pro blog 😀
      Eu também não queria morar em lugar frio, mas acho que, só no dia de Natal, poderia cair uma nevezinha. Repare que as cenas que aparecem nesse site que linkei mostram uma Beagá ensolarada e, por cima, os flocos de neve. Assim seria perfeito!

      Curtir

      • São os políticos na generalidade(esquerda e direita) que criam essa regras/leis.
        O Paulo é um ótimo jornalista, mas não consegue ver um Brasil multicolor (politicamente falando).

        Curtir

  2. Esse site “pusher” é de uma criatividade extraordinária. Até já me estou divertindo vendo neve da minha janela.
    Continuação de Um Feliz Natal!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s