Ir para conteúdo

Sobre juízes, deuses e doutores

Doutor

Em tempos de juiz dando voz de prisão para os funcionários de uma companhia aérea que não queriam deixá-lo embarcar atrasado e de juiz dando voz de prisão a agente de trânsito que o flagrou sem CNH e num carro sem placa durante uma blitz da Lei Seca, vale a pena relembrar o caso do juiz que queria obrigar um funcionário de seu condomínio a chamá-lo de doutor.

CLIQUE AQUI para ler a fábula completa 😉

Categorias

Memórias

Tags

,

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

3 comentários em “Sobre juízes, deuses e doutores Deixe um comentário

  1. Se eu fosse colocar o título, ficaria assim:
    Sobre juízes, procuradores-gerais, deuses, e doutores”!
    Afinal, tem ex-procurador-geral de justiça que acha que elevador é privativo (dele!), que o elevador só cabe uma única pessoa (ele!) e por aí vai!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: