O garoto que construiu um fliperama de papelão

“Veja o vídeo. Vai fazer seu dia muito melhor”, disse a amiga Talita Bedinelli.

Ela se referia ao pequeno documentário sobre Caine Monroy, um garoto de 9 anos que construiu seu próprio fliperama com caixas de papelão, chamou a atenção de várias pessoas através do Facebook, virou letra de música, filme e hoje tem um site que já conseguiu arrecadar mais de US$ 207 mil para a poupança que vai ajudar a pagar sua faculdade (um hábito que os americanos têm, e iniciam desde que as crianças nascem, porque suas melhores universidades são extremamente caras).

Minha amiga tem razão. A historinha é inspiradora, tanto pela imaginação e criatividade do garoto, quanto por seu esforço em transformar a imaginação em um negócio super bem-feito e que funciona, mesmo com poucos recursos (basicamente, papelão e durex), quanto pela existência de tantas pessoas dispostas, única e exclusivamente, a fazerem um menino ter o dia mais alegre de sua vida.

Não tem legenda, é em inglês, mas as imagens do vídeo dizem tudo. Não deixem de assistir, tem só 10 minutinhos e “vai fazer seu dia muito melhor”:

Anúncios