Os ovos podres e a crise financeira mundial

Sempre tive dificuldade de entender os conceitos abstratos da macroeconomia — mas, mais do que eles, a forma como se dão na vida prática das siglas em inglês, gírias bancárias e jargões dos bancos centrais.

Nos últimos dias, no entanto, tenho me debruçado sobre a crise financeira e seu braço na Europa, e queria usar este post para recomendar uma leitura muito leve, fácil e atraente de economia, de um sujeito que consegue explicar qualquer coisa do jeito mais simples do mundo.

O livro é “The Undercover Economist” (publicado no Brasil pela editora Record, como “O Economista Clandestino”), de Tim Harford, economista que já trabalhou no Banco Mundial, é membro da Royal Economic Society e assina uma coluna no Financial Times, além de ter um programa na BBC. Quem me emprestou o livro foi o amigo Marcelo Soares, fanático por estatísticas.

O livro pretende mostrar como tudo, até o café que pagamos na estação do metrô, tem uma relação econômica muito mais macro. E mostrar como os economistas, assim como detetives, conseguem desvendar esses mistérios que regem o mundo. E quem sabe permitir que a gente tenha a mesma capacidade/sagacidade que eles têm.

Um dos capítulos do livro está aberto para download, impressão e leitura no site de Tim. E trata justamente da crise financeira iniciada em 2008. Mas ele começa a história usando uma paródia dos ovos com duas gemas e dos ovos podres — e assim fica bem mais fácil de entender os empréstimos subprime, os CDOs e outros palavrões cabeludos.

CLIQUE AQUI para ler. São só 24 páginas e é uma leitura muito fácil 😉

 

“O Economista Clandestino”
Tim Harford
Record
333 págs.
De R$ 30,51 a R$ 44,90.
Anúncios

7 comentários sobre “Os ovos podres e a crise financeira mundial

  1. Bem informativo seu primeiro post sobre economia, Cris. É um assunto que nem sempre precisa ser árido, embora esteja nos castigando aridamente a cada dia na vida real. As decisões macroeconômicas recomendadas pelos economistas e aceitas pelos políticos no poder nem sempre são as melhores e, quando erradas, podem provocar muito sofrimento à população de um país. Temos pelo menos que entender porque estamos sendo castigados, para que possamos reagir com um mínimo de eficácia.

    Curtir

  2. Valeu pela dica, não conhecia o livro e fiquei com vontade de ler. Gostei da idéia de pensar os agrupamentos de empréstimos como “embalagens de ovos podres”. Também sobre a crise de 2008 tem aquele documentário Trabalho Interno (Inside job), explica bem o que aconteceu, eu gostei quando assisti.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s