Ir para conteúdo

Este post fará vocês terem medo de mim

Achei por aí: http://thisisnthappiness.com/post/3312254981

Eu confesso: sou sonâmbula*.

E geralmente trago as aventuras diurnas para as aventuras do sono.

Sempre fiz isso. A diferença é que quando eu era criança, meus sonhos tinham piratas, detetives (muitos detetives!), trens descarrilhando, crimes a desvendar e trocentas outras fantasias que eu fermentava com as leituras e filmes e com a minha imaginação infantil.

Naquela época, o máximo que acontecia era eu levantar e abrir a janela, à noite, dormindo, ou acordar com um cobertor misteriosamente largado no box do banheiro.

Na adolescência, quando entrei para a equipe de natação do Minas Tênis Clube (o que ainda vai virar post), um dos meus hábitos noturnos era nadar crawl pra lá e pra cá na minha caminha de solteiro de 1,80 m. Nos meus sonhos, estava treinando os rapidíssimos tiros, em meio a apitos nervosos do técnico, Luiz Alberto. Acordava exausta, no meio de uma braçada.

Aos 19, quando entrei para o Banco do Brasil, comecei a caminhar pelo quarto dormindo, sonhando que ali havia caixas-rápidos e eu estava com um cartão magnético na mão, andando pra um lado e pra outro, ajudando as velhinhas no salão do Auto-Atendimento.

Depois, comecei a calcular imensos processos de renegociação de dívidas nos sonhos — quando geralmente as contas nunca batiam. Levantava nervosa, anotando em papéis imaginários que estavam na escrivaninha ou no travesseiro, conversava com os clientes imaginários à minha frente e tudo o mais.

Sempre que eu começava uma atividade ou trabalho novos, ele invadia meus sonos por algumas semanas, até virar rotina e meus sonhos voltarem a ser preenchidos com coisas mais corriqueiras.

No jornalismo, percebi que os sonhos com trabalho estão mais comuns. E a única explicação para isso é que cada dia é uma nova pauta diferente, não há uma rotina propriamente dita. E assim, muitas vezes, acordo exausta, ou nervosa, com a sensação de que trabalhei a noite toda (já ouvi de alguns espíritas que isso não deixa de estar longe da verdade, para eles. Em algumas manhãs, quase chego a acreditar que têm razão).

O que me conforta é que dizem que é no sono que gravamos a fundo na memória o aprendizado do dia. Se além de lembrar eu ainda executo cada coisa, então, dentro de uns anos, serei um gênio 😉

[Ou, como bem ilustra o desenho abaixo, não me restarão mais neurônios com energia e titio Alzheimer me saudará]

Achei por aí: http://thisisnthappiness.com/post/3311648381
* A @tatidamasceno me fez lembrar de outro aspecto medonho da minha sonambulice: eu converso dormindo. Isso é mais comum entre pessoas mais normais, já até vi minha irmã falando em finlandês num cochilo vespertino qualquer, mas, pessoalmente, acho até pior do que nadar e caminhar: vai que eu solto um segredo cabuloso qualquer pra qualquer um ouvir? =O

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

22 comentários em “Este post fará vocês terem medo de mim Deixe um comentário

  1. Só uma dúvida: você estava realmente acordada quando escreveu este post, ou será que ele habitava seu sono/sonho ?
    Caso não responda ou amanhã nem tenha ideia do que este post está fazendo aqui, já sabemos a resposta! hahaha

    bjos de boa noite (caso esteja acordada mesmo…)

    Curtir

    • Que medo!!
      Se bem que se um dia eu tiver a capacidade de ligar meu computador, digitar a senha, acessar o WordPress, escrever essa bíblia, achar e recortar as ilustrações, publicar e divulgar no Twitter, Orkut e Facebook, tudo dormindo, eu terei mesmo virado um gênio! 😀
      bjos

      Curtir

  2. O medo de soltar um segredo cabuloso (não que você tenha algum, claro…) só destaca a importância de se escolher bem quem vai estar do seu lado nessa hora 🙂

    Curtir

  3. Prezada Cristina, acho que já se falou nisso: bem de pertim ninguém é isso tudo que pensa que é. O texo não me assutou não. Quanto às suas predições, fique tranquila, seu tio alemão nem te conhece, portanto, jamais te saudará; já com relação à outra, fique muito esperta, porque periga de ocorrer sim, e não sei se isso é bom ou ruim (melhor consultar os amigos espíritas).
    Abraços.

    Curtir

  4. Cris,
    Quando criança eu tb era sonambula,levantava a noite para jogar
    Volei imaginário e bater no meu irmão (descontar as surras levadas durante o dia).
    Por algum feito da minha mae o
    sonambulismo passou, mas nunca deixei de falar dormindo… Já contei vários segredos para minha mãe, que sempre se aproveitou disso, e namorados.
    Sou tagarela até quando durmo 🙂

    Curtir

  5. sonambulismo é coisa de quem tem o cérebro muito ativo, que não quer parar nem para dormir 😉 não é irônico que o post mostre uma bateria fraca na cabeça?

    Curtir

  6. Meus sonhos sempre foram muito doidos. E a parede do meu quarto de solteira era cheia de riscos de esmalte vermelho ao lado da cama, o que já antecipava que o Afff sofreria um bocado `a noite….
    Sempre sonhei com trabalho. Apuro, escrevo e reescrevo muuuuuitas matérias. Quem dera esse trabalho todo pudesse ser reaproveitado, mas são sempre coisas doidas, e dão o maior trabalho porque passo o sonho procurando uma lógica naquilo.
    Depois que a Lau nasceu tivemos vários casos engraçados (naturalmente, depois, porque na hora eh super chato) de madrugada. Sonhando com ela, ninei o Afff varias vezes, chamei atenção dele, fiz declaração de amor…. E cai da cama mais de uma vez…
    Agora estou na fase de sonhar com apto. Acordo exausta depois de ver e analisar dezenas por noite – e voltar a fazer isso, de verdade, de dia. Alem de cansar, confunde porque não sei se vi de verdade ou dormindo.
    Falando nisso, deixa eu começar a entrar no clima. (Lau acabou de apagar depois de assistir o mesmo DVD pela segunda vez seguida – o da vez eh “O Bicho Vai Pegar 2”; finalmente ela cansou do “Dumbo”).
    Bjs e… boa noite.

    Curtir

    • Nunca vou esquecer aquela vez que vc acordou só de perceber que eu te observava dormindo, no meio da tarde, daí saiu desesperada andando pelo quarto falando pra eu salvar as gêmeas (na maior parte em finlandês) e demorou váriosssss minutos até perceber que era um sonho. Ficou discutindo comigo enquanto eu perguntava que gêmeas e depois ainda me xingou que fiquei rindo heheheh

      Eu tb levanto a noite toda e fico tentando me convencer que aquilo não é uma pauta, que não tenho que fazer aquilo no dia seguinte, nem tenho que anotar nada, porque nada faz sentido… Às vezes paro e falo comigo mesma: é sonho, não é pauta, relaxa, vai dormir. Mas logo acordo “trabalhando” de novo…

      Família doida hehe

      Boa noite!!!!!

      Curtir

  7. Que mundo é esse, meu Deus?
    É neguin (neguinha, neste caso concreto) completamente TÃ-TÃ sentando perto da gente, conversando, trabalhando, arrumando briga com figurões…
    Vou passar para a Auditoria do BB, sugerindo REVISAR todas as renegociações de dívidas efetuadas no período.
    Agora ficou claro porque aquele povo todo saía rindo da agência…

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: