Reflexões sobre a correria, a passagem do tempo, a vida adulta e o sentido (ou falta dele) nisso tudo

Foto: Rodolfo Barreto

Desde que criei este blog, há quase 10 anos, nunca fiquei mais de um mês sem postar nada. Nunca, até agora. Hoje levei um susto quando vi que o último post que fiz foi em 6 de agosto. Como assim? O que fiz nesses 40 dias? Em resumo: trabalhei, trabalhei e trabalhei. O que mais… Continuar lendo Reflexões sobre a correria, a passagem do tempo, a vida adulta e o sentido (ou falta dele) nisso tudo

Avalie isto: