Ir para conteúdo

‘Quando foi que a vida virou um mero esquema de esperar passar?’

Foto: Jeff Hendricks / Unsplash / Divulgação (Imagem ilustrativa)

Na última sexta eu estava contando aqui como muita gente pensava que a pandemia duraria pouco, no ano passado, e as fichas começaram a cair muito depois.

No mesmo dia, recebi uma mensagem que mostrava um garotinho, o Pedro Sena, recitando um poema que escrevi ainda em julho, quando este pesadelo estava apenas começando.

Isso me fez querer compartilhar de novo aqueles meus versos, pensando que continuam atuais:

Breve poema para tempos de pandemia

– Por Cristina Moreno de Castro

A pandemia acabou com a mania

que eu tenho de abraçar.

*

A quarentena faz valer a pena

o difícil exercício de sonhar.

*

(Quando foi que a vida virou um mero esquema de esperar passar?)


Leia também:

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblog
ttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: