Jair Estevão, o Branca de Neve

O Jair Estevão Castro enviou um texto resumindo sua história nesses últimos 20 anos, desde o lançamento do filme “O Menino Maluquinho”, e relembrando a época das gravações. Leia abaixo (e CLIQUE AQUI se quiser ler sobre os outros personagens).

Foto: arquivo pessoal de Jair Estevão

Foto: arquivo pessoal de Jair Estevão

“Após as filmagens do Menino Maluquinho uma tia minha se mostrou disposta a me ajudar a fazer alguns trabalhos que pintassem, pois ela é dançarina e conhece pessoas no meio das artes cênicas, e através dela consegui fazer duas propagandas, uma da Spatifilus e uma da Sapataria do Amigão, e com esses trabalhos encerrei minha brevíssima carreira de ator rs.

Meus pais não são lá muito abastados e sempre primaram pelo estudo de outras ciências, e sendo assim me estimularam, assim como eu me identifiquei, mais na busca por outros conhecimentos diferentes das Artes. E nessa busca por encontrar alguma coisa que me desse tesão por fazer acabei encontrando algumas que não me agradaram, visto que já comecei três cursos superiores e não os concluí, que foram Turismo, Direito e Geografia. Destes o que mais me identifiquei foi Geografia, mas por todos que passei o meu esforço e dedicação foram sempre positivos, e aproveitei ao máximo o tempo que fiquei em cada um deles.

Profissionalmente já trabalhei com recreação, hotel, escritório de advocacia (achei que nunca usaria este termo rs), na Defensoria Pública do Estado e meu último emprego foi como professor de Geografia na rede estadual, que imagino que seja minha profissão, pois é o que eu assino nos questionários que respondo. No momento estou estudando para alguns concursos que sairão.

Estou com 30 anos, posso não ser um band leader, mas lá em casa todos os meus amigos e meus camaradinhas me respeitam. Moro aqui em BH mesmo, mas pretendo ir morar no interior de Minas, porque estou cansado de capital, mais especificamente no Sul de Minas.

Eu tenho uma lembrança daquela época, que entre uma cena e outra nós jogávamos bola e ficávamos brincando, e numa dessas eu discuti com o Samuel, e chegamos a brigar mesmo, e claro que na minha lembrança eu sempre ganho, não sei na dele … E houve uma vez que eu e o Bernardo, na fazenda do “Vô Passarinho”, passamos pelo quarto onde a Patrícia Pilar estava se maquiando, aí nós ficamos mandando beijinhos e chamando ela, até que ela veio com muito carinho e deu um beijo em cada um de nós e saímos felizes da vida kkk.

brancadeneve

Eu adorei ter participado do filme, foi uma experiência muito divertida e marcante pra mim, eu nunca imaginaria me ver em um filme ou participar de algo parecido, e de fato foi divertido e prazeroso, até hoje me lembro dessa época com muito carinho. E claro que não sofri nenhum tipo de chateação na escola, muito pelo contrário, eu fui muito querido nas escolas em que passei, também por conta de ter participado no filme.

Em suma, participar do Menino Maluquinho pra mim, foi uma experiência ímpar e muito prazerosa, eu agradeço a todos os que participaram de algum modo deste filme, e desejo muita sorte e saúde, um grande abraço e um beijo a todos!”


CLIQUE AQUI e saiba mais sobre os outros personagens do filme “O Menino Maluquinho” e o que andam fazendo, 20 anos depois do lançamento do filme.

Leia também:

faceblogttblogPague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Anúncios

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s