Ir para conteúdo

Sobre as férias que acabam e as saudades que apertam

Eu e meu companheirinho

É… infelizmente este dia chegou: terminaram minhas férias.

As férias são muito necessárias por três razões principais. Para DESCANSAR, repor as energias, principalmente neste período de pandemia, em que a cobertura jornalística é exaustiva e deprimente. Nestas férias, descansei principalmente nos momentos em que fui para a roça e nas noites de sono sem sonhos com trabalho. Também me desliguei o máximo do noticiário, principalmente ligado a Covid, dentro do possível.

Férias também são um momento de ORGANIZAR nossa vida, como já falei aqui no blog. Aproveitei as minhas para cortar meu próprio cabelo (duas vezes), mudar os móveis de lugar na sala, organizar armários e declarar o imposto de renda, por exemplo. Ah, e fiz aniversário 😉

E férias também são um período incrível para FAZER O QUE GOSTAMOS, mas nunca temos tempo de fazer, na rotina excruciante de trabalho. Nestas férias, por exemplo, eu devorei cinco livros, assisti a 12 filmes (sendo 10 concorrentes ao Oscar) e escrevi 25 posts este meu querido blog-hobby (sendo que, antes, eu não estava conseguindo fazer muito mais que 10 posts em um mês). Podem pensar que escrever posts é algo cansativo, mas, para mim, é prazeroso. É quando sou mais eu.

A alegria de cozinhar

Mas o mais importante de tudo neste último tópico é que, nestas férias, pude ficar grudadinha no meu filho Luiz o dia inteiro, brincar com ele, inventar receitas (justo eu, que nunca cozinho), ver desenhos juntos, ler juntos (ele está aprendendo a ler cada vez mais rápido agora), fazer TUDO juntinhos. E, olha, o salto de desenvolvimento que ele deu neste período foi impressionante, do comportamento e humor ao apetite (ele engordou e ficou bem mais fortinho neste mês).

Isso tudo me faz ter uma pena danada de ver as férias acabarem, mas, claro, a gente precisa estar na labuta inclusive para ter direito a férias ocasionais. Então vamos lá para a missão de informar o mundo.

Independentemente da importância do trabalho, nada vai evitar minhas imensas saudades desse pequetito que vai ficar me esperando em casa. Ontem, no meu último dia de folga, ele disse esta pérola:

– Mamãe, estou com saudades de você!

– Mas como? Estamos grudadinhos o tempo todo. Você vai ter saudades amanhã, não hoje. Hoje ainda estamos juntos.

– Mas estou com saudades antes. É quando a gente sente saudades sabendo que amanhã não vamos estar juntos.

E meu olho encheu de lágrima…

Leia também:

A pandemia e as crianças

Mais de 20 coisas legais para fazer com os filhos em casa na quarentena

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblog
ttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Um comentário em “Sobre as férias que acabam e as saudades que apertam Deixe um comentário

  1. Nada como ter direito a férias. Pelo visto, você aproveitou muito bem as suas, e pode voltar revigorada ao trabalho. A cada dia, um reencontro feliz com o Luiz.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: