Ir para conteúdo

‘E daí?’, desdenha Bolsonaro: 20 capas de jornal e charges sobre as mortes por coronavírus e a reação do presidente

“Pela memória do coronel Brilhante Ustra”

“Vamos metralhar a petralhada”

“Faz arminha com a mão”

“O erro da ditadura foi torturar e não matar”

“Quem procura osso é cachorro”

Estas frases acima foram todas proferidas pelo atual presidente da Republica, Jair Bolsonaro, relembradas por minha amiga jornalista Ana Paula Pedrosa. Mas ele disse muitas outras. Escrevi sobre a mentalidade de ódio dele aqui no blog diversas vezes, antes e depois que ele foi eleito.

Para quem já falou tanta coisa em defesa da tortura, do ódio, da matança, da carnificina e do desprezo pela vida e pelos direitos humanos, não é de espantar que ele tenha soltado todas estas outras “pérolas” durante a pandemia do coronavírus, que, até esta quarta-feira (29), já matou mais de 5.000 brasileiros:

Gráfico feito por Julio Ponce.

 

Ele culminou com um sonoro “E DAÍ?” quando foi questionado por jornalistas sobre o avanço da doença, que já tinha feito mais mortes que na China, ontem.

Este “e daí?” foi tão eloquente que causou um efeito maior do que muitas das falas anteriores de Bolsonaro. Foi pisotear na cara de mais de CINCO MIL FAMÍLIAS que estão em luto pela morte de um ente querido. Foi cuspir na cara de outros milhares que sofrem por terem um doente em casa ou por estarem com medo de adoecerem nesta pandemia sem precedentes.

Como foi um dia histórico, com este recorde de mortes e esta frase histórica saída da boca de um chefe de Estado, resolvi separar as capas de jornais, como costumo fazer aqui no blog em dias assim. Mas vou começar pela minha favorita, do “Estado de Minas”. Clique sobre as capas para ver em tamanho real:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Uma frase como estas também não poderia passar batido por nossos cronistas das ilustrações, os chargistas. Começo pela melhor de todas, a charge do Duke, um tapa na cara:

 

Charge do Duke

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Enquanto todos os outros chefes de Estado do planeta – até mesmo Donald Trump – lamentaram as mortes em seus países e tomaram medidas para tentar conter a doença, Bolsonaro, desde o início, diz que “é só uma gripezinha”, frequenta e incentiva multidões (contrariando recomendação da OMS) e tenta fazer com que governadores e prefeitos acabem com o isolamento, que é a medida mais eficaz para conter o vírus.

Hoje, ele ainda tentou “remediar” o “E daí?” jogando a culpa das mortes para governadores e prefeitos. É o contrário. Não fossem os governadores e prefeitos, que estão tomando medidas importantes de isolamento, fechamento de comércios e praças e de obrigatoriedade do uso de máscaras, o número de mortes no Brasil já estaria muito maior. Mas muito mesmo.

Pesquisadores da UFMG, por exemplo, apontam que Belo Horizonte teria 500 mil infectados e o dobro de mortes se não tivesse sido adotado o isolamento. Hoje a capital tem cerca de 500 infectados.

Lembram que outro dia mesmo o coronavírus parecia uma coisa distante, e ficávamos abismados com todas as mortes que estavam sendo registradas na China e na Itália? Pois é, isso agora é a NOSSA REALIDADE. É o presente do Brasil, país que tem muito MENOS habitantes que a China. Era pra ter demorado mais, mas o desastre JÁ aconteceu por aqui. E vai piorar. E muito, muito mesmo, por culpa deste presidente da República, que desde o início ficou batendo cabeça com seu ministro da Saúde e desdenhando de um problema gravíssimo de saúde pública mundial.

Mas, de novo: EU AVISEI. Muitos avisaram. E já tem muito eleitor arrependido por aí, mas a seita do bolsonarismo – porque isso é uma seita – segue existindo. Com ou sem mortes, com ou sem desastres políticos deste governo. Para mim, estas pessoas que seguem com a viseira na cara dizendo que tudo o que o “mito” delas (o messias, né?) faz é bom não são burras. Elas têm é um desvio de caráter mesmo.

 

Veja mais capas de jornais em dias históricos:

Veja charges sobre momentos históricos:

 

***

Quer assinar o blog para recebê-lo por email a cada novo post? É gratuito! CLIQUE AQUI e veja como é simples!

faceblogttblog

Cristina Moreno de Castro Ver tudo

Mineira de Beagá, jornalista, blogueira, poeta, blueseira, atleticana, otimista, aprendendo a ser mãe. Redes: www.facebook.com/blogdakikacastro, twitter.com/kikacastro www.goodreads.com/kikacastro. Mais blog: http://www.otempo.com.br/blogs/19.180341 e http://www.brasilpost.com.br/cristina-moreno-de-castro

Um comentário em “‘E daí?’, desdenha Bolsonaro: 20 capas de jornal e charges sobre as mortes por coronavírus e a reação do presidente Deixe um comentário

Deixe aqui seu comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: